fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Eleições: ministros candidatos de Bolsonaro intensificam viagens

Publicado

em

Bolsonaro ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas
Alan Santos/PR – 04.03.2021

Marcos Pontes, Rogério Marinho, Tarcísio Freitas, Tereza Cristina e Damares Alves têm viajado para diversos estados do país em 2022

A maioria dos ministros do governo de Jair Bolsonaro que devem ser candidatos nas eleições de 2022 intensificou o número de viagens feitas pelo país nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2021, aponta levantamento do R7 com base nas agendas oficiais.

O ministro Marcos Pontes foi o que teve o maior número de viagens realizadas: ao todo, foram 20 neste ano contra sete do ano passado. Titular da pasta da Ciência e Tecnologia desde o início do governo, ele avalia disputar uma vaga no Congresso Nacional por São Paulo.

O estado mais visitado por Pontes foi justamente São Paulo. De acordo com a agenda, o ministro esteve quatro vezes na região durante janeiro e fevereiro de 2021 e 11 vezes no mesmo período de 2022. Ele fez viagem internacional — à Índia, para lançamento de satélite, no ano passado.

Lançado como candidato ao governo de São Paulo por Bolsonaro, o ministro Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, também saltou o número de viagens: de 7 em 2021 para 14 em 2022. O estado mais visitado pelo titular é São Paulo.

Tarcísio foi à região paulista uma vez em janeiro e em fevereiro do ano passado. Neste ano, foram 11 agendas públicas. O ministro também viajou para fora do país — em janeiro deste ano, para o Suriname.

A intenção inicial de Tarcísio, contudo, era disputar uma vaga ao Legislativo por Goiás, mas a opção foi  esvaziada pelo próprio chefe, que é rival do atual comandante do estado, o governador João Doria (PSDB), que tenta emplacar seu sucessor no cargo, o vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM).

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que deve disputar uma vaga no Senado pelo Rio Grande do Norte, também aumentou suas viagens pelo país. Neste caso, o número dobrou: de quatro para oito. O estado mais visitado também foi o Rio Grande do Norte, com seis visitas. O titular também esteve em outras regiões, como Minas Gerais, Amapá, Rio de Janeiro e Alagoas.

Marinho travava até recentemente uma disputa nos bastidores com Fábio Faria, ministro das Comunicações, pela candidatura ao Senado pelo estado do RN. No entanto, Faria anunciou que estava fora do pleito eleitoral e permaneceria no cargo.

Faria, por sua vez, não aumentou suas viagens pelo país de 2021 para 2022. De acordo com a agenda, o movimento do ministro é contrário, uma vez que, no ano passado, foram 11 agendas contra oito deste ano. O titular realizou diversas viagens internacionais, como para Suécia, Finlândia, Japão e China para tratar sobre a tecnologia do 5G.

A ministra Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi de nenhuma viagem no ano passado para cinco nos dois primeiros meses. Em 2022, a titular visitou na maioria das vezes Mato Grosso do Sul, estado que deve tentar uma vaga no Parlamento. Ela também viajou para o Irã para ampliar relações comerciais com o agronegócio brasileiro, principalmente sobre a importação de ureia.

Cristina chegou a ser aventada pela ala política do governo para o cargo de vice na chapa com Bolsonaro. A avaliação é de que a ministra poderia alavancar votos entre as mulheres para o presidente. Entretanto, como informou o blog do Nolasco, o ministro da Defesa, Braga Netto, é o favorito para ocupar a posição. 

A ministra Damares Alves também viajou mais neste ano: foram duas em 2021 e seis em 2022. Ela esteve três vezes em São Paulo. Damares ainda não bateu o martelo, mas sinalizou que deve se candidatar ao Legislativo e, durante cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, nesta semana, afirmou que o Amapá é o estado que está no topo de sua lista. Ao R7, ela havia dito que recusou a oferta, feita por Bolsonaro, de tentar o Senado por São Paulo.

O ministro Onyx Lorenzoni, atualmente no comando do Ministério do Trabalho e Previdência, segue o mesmo padrão. A agenda do ministro não contabiliza os compromissos tidos em janeiro de 2021. Foram duas locomoções no ano passado contra 10 neste ano.

Em janeiro e fevereiro de 2022, Lorenzoni foi três vezes para o Rio Grande do Sul, onde deve disputar o governo do estado. O ministro também trava disputa sobre quem é o candidato com apoio de Bolsonaro com o senador Luis Heinze,que ganhou destaque com a CPI da Covid-19.

Há ainda ministros que também devem deixar os cargos para disputarem as eleições de outubro, mas que assumiram os ministérios depois da data de comparação usada pela reportagem.

Líder informal do Centrão, grupo de partidos que dá sustentação ao governo no Congresso Nacional, o ministro Ciro Nogueira (PP) assumiu a Casa Civil em julho de 2021. Em 2022, o titular viajou ao menos cinco vezes — destas, três para Piauí. O político chegou a desenhar uma possível candidatura ao Senado pelo estado, mas tem dito a aliados recentemente que não deve pleitear uma vaga.

Já o ministro João Roma (Republicanos), que atuava como deputado federal e assumiu o ministério da Cidadania no fim de fevereiro de 2021, teve 16 agendas pelo país em 2022. A maioria das viagens foi para a Bahia, onde quer disputar o governo do estado.

Anderson Torres, que assumiu o Ministério da Justiça e Segurança Pública em março de 2021, viajou para cinco estados nos dois primeiros meses deste ano. Uma delas foi para Paramaribo, capital do Suriname, em busca de parcerias comerciais. Na ocasião, o titular deveria seguir para a Guiana, mas a mãe de Bolsonaro, dona Olinda Bolsonaro, morreu e a comitiva brasileira retornou ao país.

A ministra Flávia Arruda, que atuava como deputada federal e assumiu a Secretaria de Governo em abril de 2021, fez três viagens neste ano: para Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, segundo consta na agenda oficial. Torres e Arruda avaliam disputar uma vaga para o Congresso Nacional no DF.

Pelas regras do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), os ministros que querem disputar cargos eletivos devem renunciar aos postos até 2 de abril. As eleições estão marcadas para o 2 de outubro e eventual segundo turno no dia 30 do mesmo mês.

Neste ano, os brasileiros vão eleger presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais (exceto no Distrito Federal, onde serão eleitos disputados distritais).

Outro lado

A reportagem acionou os ministros citados e aguarda retorno.

O ministério da Damares informou que todas as viagens cumprem “agenda de trabalho pertinente às temáticas e ações promovidas pelo órgão”. Faria, por sua vez, disse que não vai disputar cargo eleitoral e que as viagens são relacionadas com agendas institucionais no cumprimento das atribuições conferidas pelo cargo.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Confira como foi a chegada de Matheus do BBB 24 em sua cidade: ‘Melhor abraço’

Publicado

em

Por

Em Alegrete, cidade natal de Matteus, a recepção foi feita por sua família. Logo que saiu do avião, o ex-brother pôde finalmente abraçar sua avó, de quem sempre falava durante o confinamento: “É o melhor abraço do mundo!”, declarou  ele, assim que viu sua familiar.

O momento foi presenciado por um público gigantesco de fãs, que também puderam abraçá-lo enquanto ele deixava o aeroporto. Assim como em Manaus, a cidade de Alegrete irá receber uma festa, no Parque Rui Ramos, com shows e muita música.

O ex-BBB ainda irá desfilar em um caminhão do Corpo de Bombeiros pelo centro da cidade. Ele falou da importância do apoio da família e fãs, principalmente, da avó. Confira:

Fonte: TOP FAMOSOS

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Isabelle do BBB 24 retorna para casa e é recebida com muito carinho: ‘Foi uma festa’

Publicado

em

Por

Na manhã desse sábado (20), Isabelle e Matteus finalmente retornaram para casa após a grande final do “BBB 24“. Os dois, que ainda estavam no Rio de Janeiro cumprindo alguns compromissos, foram recebidos com muita festa por seus familiares e fãs.

Lá em Manaus, a cunhã-poranga do Boi Garantido foi recepcionada com uma grande festa no aeroporto. Seus fãs se reuniram no local com cartazes e receberam carinho da ex-sister, que já chegou abraçando e tirando foto com seus admiradores.

Além disso, Isabelle também ganhará uma festona no Largo de São Sebastião, no Centro Histórico de Manaus. Lá, ela será recepcionada pelos bois Garantido e Caprichoso e desfilará em cima de um trio elétrico que passará pelos principais pontos da cidade. Confira:

Fonte: TOP FAMOSOS

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Everton Cebolinha sofre lesão na panturrilha e desfalcará o Flamengo contra o Palmeiras

Publicado

em

O Flamengo do técnico Tite ganhou uma dor de cabeça às vésperas de um compromisso importante no Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro carioca informou que o atacante Everton Cebolinha sofreu uma lesão na panturrilha direita e, assim, desfalcará a equipe contra o Palmeiras.

“O atleta Everton Cebolinha realizou exames que apontaram lesão na panturrilha direita. Segue tratamento no CT”, escreveu o time carioca em nota publicada nas redes sociais.

O clube rubro-negro não deu mais informações sobre o grau do problema sofrido pelo atacante e também não informou um prazo estimado de recuperação.

Antes mesmo do Flamengo divulgar o comunicado, Cebolinha já era dado como dúvida para o duelo diante do Palmeiras por conta de dores no tornozelo. Dessa forma, sem o camisa 11, Bruno Henrique deve ganhar chance entre os titulares.

Everton Cebolinha foi titular nos dois jogos que o Fla disputou nesta edição do Brasileirão. O jogador tem sido peça importante para Tite – tanto é que atuou em 16 das 19 partidas da equipe na atual temporada, contribuindo com três gols e duas assistências.

No entanto, no embate contra o São Paulo no último domingo, o camisa 11 precisou ser substituído aos 13 minutos do primeiro tempo após sentir dores no tornozelo. Luiz Araújo entrou em seu lugar e acabou marcando o primeiro gol na vitória de 2 a 1 sobre o Tricolor paulista.

Sem Cebolinha, o Rubro-Negro vai em busca de seu terceiro triunfo consecutivo no Brasileirão. O clássico nacional entre Palmeiras e Flamengo acontece neste domingo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque, pela terceira rodada da competição.

Comentários

Continue lendo