Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Projeto de reforma e ampliação das escolas estava paralisado desde 2009.

Assessoria

O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes, e a secretária municipal de Educação, Goreth Bibiano, inauguraram neste sábado (6) 36 escolas, com recursos provenientes do Proacre. O evento foi realizado no km 59 da BR-317, na escola Jezilda de Freitas, que representou todas as escolas contempladas com o programa de reforma e construção das unidades de ensino na zona rural.

O Proacre, que foi um projeto conquistado para garantir a reforma e construção das escolas da zona rural, estava à disposição do Município desde 2009, mas somente na gestão do prefeito Everaldo Gomes, o projeto foi resgatado e colocado em prática para beneficiar as escolas rurais.

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O prefeito de Brasiléia, juntamente com sua equipe da secretaria municipal de Planejamento e Educação, trabalhou para garantir os recursos que havia restado para reformar e construir as escolas da zona rural/Foto: Assessoria

O recurso destinado ao Município ainda em 2009 era de mais de R$ 1 milhão, mas pela paralisação do projeto até 2013, quando foi tirado do papel e posto em execução pela atual gestão da Prefeitura de Brasiléia, os recursos estavam somente em R$ 791 mil.

O prefeito de Brasiléia, juntamente com sua equipe da secretaria municipal de Planejamento e Educação, trabalhou para garantir os recursos que havia restado para reformar e construir as escolas da zona rural.

As obras de reforma e construção foram complicadas, disse o prefeito, destacando que pelo difícil acesso a várias regiões e ramais do município, parte do material usado na construção enfrentou dificuldades para chegar ao local.

educacao-brasileia7 educacao-brasileia6

“Motivando a equipe da secretaria de Educação, por meio da secretária Goreth Bibiano, conseguimos contemplar 36 escolas, que estavam em situação precária, para garantir bons estudos aos alunos da região. E, conquistado todo esse objetivo, estamos feliz por contemplar as comunidades, com escolas reformadas e construídas para garantir o estudo para nossas crianças e jovens da zona rural. Nossa gestão se dedicou, primeiramente, em atender o homem do campo, abrimos ramais, apoiamos o agricultor, e felizmente, estamos garantindo escolas para nossos alunos”, destacou o prefeito.

A secretária de Educação, Goreth Bibiano, parabenizou os coordenadores do programa e a dedicação dos professores e alunos em continuar estudando e lecionando, mesmo nas adversidades e a falta de estrutura para garantir um estudo de qualidade às crianças e adolescentes da zona rural.

_DSC0349Antes _DSC0370Antes

“Sou educadora há muitos anos e sei dos problemas que sempre tivemos para garantir uma educação cada dia melhor às nossas crianças e jovens. O Proacre veio para atender as escolas que realmente não ofereciam condições para os alunos estudarem. Mas, esta gestão do prefeito Everaldo se dedicou muito para levar aos filhos do homem do campo uma escola digna para estudarem”, destacou a secretária.

O coordenador do Proacre pela Secretaria de Educação, Jorge Inácio, disse que a atual gestão fez todos os esforços para que o programa não fosse perdido e que mesmo com somente R$ 791 mil, fossem contempladas escolas que funcionavam de forma precária.

2013-11-13 09.55.54Antes DSC04697Antes

disse que a prefeitura e os gestores da Secretaria de Educação por colocar o projeto em execução e estarem inaugurando as escolas.

“O governo do Binho que fez o empréstimo junto ao Banco Mundial pensou em contemplar a educação destinando os recursos para os municípios aplicarem na qualidade da educação, principalmente na zona rural. É certo que este projeto estava paralisado e o prefeito Everaldo Gomes soube da importância e deu as comunidades rurais novas escolas”, frisou a coordenadora de subprojeto regional da Secretaria Estadual de Educação, Raimunda Rufino.
Para representar a inauguração de todas as escolas, o prefeito Everaldo e a secretária de Educação entregaram equipamento e certificados para os professores das demais escolas rurais.

DSC_5928

DSC_6138

DSC_9250

Comentários