Ideb

A educação municipal alcançou a nota de 5.2, superando a meta do Ministério da Educação e atingindo resultado estipulado para 2019

WILIANDRO DERZE, Semcom PMB

O município de Brasiléia ficou em segundo lugar no Estado do Acre no índice de Desenvolvimento da Educação Básica –IDEB. O resultado mostrou o município apresentando uma nota de 5.2 superando a meta que era de 4.4 estabelecido pelo Ministério da Educação.

O resultado coloca o município de Brasiléia avançando na educação e atendendo a meta estipulada para 2019. O que mostra os trabalhos que estão sendo realizados pela atual gestão para garantir um desenvolvimento ainda maior do ensino do município.

A secretária Goreth Bibiano disse que Brasiléia sempre foi destaque na educação no estado e atual gestão vem trabalhando para manter e melhorar ainda mais os índices.

“Pegamos as escolas desestruturadas, algumas escolas que eram do município foram repassadas para o estado como a do km 26 e outras. Essas escolas foram passadas ao estado no apagar das luzes da antiga gestão. Mas mesmo dessa forma conseguimos colocar o calendário escolar em dias. E estamos garantindo as melhores condições para que nossos professores e servidores em geral da educação estejam cada dia mais empenhados em trabalhar para o melhor ensino da região”, destacou a secretária.

Segundo Goreth, os índices correspondem a todos os trabalhos que estão sendo feitos desde planejamento até a capacitação dos profissionais. Relatando ainda que para reconhecer os trabalhadores foi concedido em 2013 um aumento de 10%, além do compromisso de trabalhar por meio de uma consultoria a Lei de gestão e Plano de Cargo, Carreira e Remuneração –PCCR defasado desde 2009 que as demais gestões não tiveram o mesmo compromisso.

O prefeito Everaldo Gomes destacou o índice como uma resposta as críticas que a oposição vem fazendo a gestão.

“Os índices positivos mostram que nossa gestão superou as dificuldades mesmo pegando escolas desestruturadas, inauguradas, mas, sem as mínimas condições de receber os alunos. Conseguimos fazer as mudanças, colocar os alunos nas escolas que não foram repassadas para o Estado pela antiga gestão, e mantivemos a educação do município no topo dos índices no Estado. A ex-secretária Alda Pacheco e agora a atual secretária Goreth conseguiram identificar os problemas e solucionar. Temos muito ainda a fazer pela educação do nosso município, e vamos fazer. Por isso, sempre vamos contar com nossos profissionais da educação”, destacou o prefeito.

Os índices mostram a Capital em primeiro lugar, Brasiléia em segundo lugar e senador Guiomard em terceiro colocado a nível de Estado do Acre. Todo o levantamento pode ser acessado pelo site www.ideb.inep.gov.br.

ideb 02

Comentários