William Pereira Lima, de 20 anos, foi assassinado na noite de quarta-feira (5), no Conjunto Santa Helena.

William Pereira Lima foi assassinado na noite de quarta-feira (5), no Conjunto Santa Helena — Foto: Divulgação
Por Iryá Rodrigues, G1 AC

O ex-presidiário William Pereira Lima, de 20 anos, foi morto com ao menos oito tiros, na noite de ontem quarta-feira (5), no Conjunto Santa Helena, em Rio Branco.

De acordo com a Polícia Militar do Acre (PM-AC), ele tinha deixado o Complexo Penitenciário da capital há dois meses.

A vítima estava na rua quando três homens encapuzados chegaram em um carro e iniciaram os disparos. Lima ainda chegou a correr por alguns metros até um apartamento, mas foi perseguido pelos criminosos que continuaram atirando contra ele.

Ferido em várias partes do corpo, Willian Pereira caiu no portão de entrada de uma casa.

“Foram vários tiros, um crime mesmo com características de execução. Pelo que a perícia levantou, os tiros começaram em via pública e foram terminar dentro de um apartamento, onde o corpo foi achado”, afirmou o comandante do 2º Batalhão da PM-AC, major Edvan Rogério.

Ao ouvir os disparos, moradores da região acionaram a polícia. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local, mas a vítima já estava sem vida.

A Polícia Militar isolou a área para que fosse feita a perícia e fez buscas pelos suspeitos, mas ninguém foi preso. O caso deve ser investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com informações da polícia, quatro homens encapuzados desceram de um carro, se aproximaram do grupo de amigos e efetuaram vários disparos de arma de fogo. Willian tentou correr para dentro de uma casa, mas 3 bandidos ainda conseguiram atingir ele com dezenas de tiros por todo o corpo. O rapaz caiu morto na residência. Após a ação, os criminosos voltaram para o carro e fugiram.

Comentários