O lado esquerdo demanda 1.400 metros de aterro, e a complementação de 480 metros de ponte. Essa parte é a pior para movimentação de solo porque está em um trecho de terreno brejoso.

Projeto que já demanda R$ 128 milhões em investimentos e mede 1,9 quilômetro de extensão.
Com TV Rondônia

Até dia 31 do mês de dezembro de 2020. Essa é a data mais atual que o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) estabeleceu, em informação repassada à TV Rondônia nesta segunda-feira (27) para entregar pronta a Ponte do Rio Madeira.

A obra está no Estado de Rondônia, mas é de suma importância para o Acre. Trata-se, de acordo com os engenheiros acreanos, do último gargalo logístico do Estado, um projeto que já demanda R$ 128 milhões em investimentos e mede 1,9 quilômetro de extensão.

Atualmente o DNIT trabalha para concluir os acessos em ambas as margens. O lado esquerdo demanda 1.400 metros de aterro, e a complementação de 480 metros de ponte. Essa parte é a pior para movimentação de solo porque está em um trecho de terreno brejoso.

Comentários