Conecte-se conosco





Acre

Direitos Humanos da Bolívia retira acusação contra Leopoldo Fernandes no caso Porvenir

Publicado

em

f700x390-72995_112013_61

Alexandre Lima

A Assembleia Permanente de Direitos Humanos da Bolívia (PDHB), apresentou nesta segunda-feira, dia 18, perante ao Tribunal Sexto de Sentencia em La Paz, uma carta em que retiram as acusações contra o ex-prefeito Leopoldo Fernandes, deposto em 2008, acusado no caso Porvenir.

Segundo foi divulgado, a comissão dos Direitos Humanos observou que não foi respeitados os direitos e garantias dos envolvidos, além e não terem gerado atos eficientes de investigação durante buscas da verdade material ao devido processo.

Foi identificado previamente, que não foi identificado os verdadeiros culpados e responsáveis pelos acontecimentos no ano de 2008. A presidente do PDHB, Amparo Carvajal, que está a frente do processo, irá divulgar as determinações nesta terça-feira, dia 19, quando apresentará um carta com aval do Ministério à quem corresponde e a Assembleia irá se retirar do juízo.

No processo, diz que as principais vítimas, os motoristas já se retiraram, como também, acusadores que já pediram absolvição dos acusados. Segundo uma das viúvas presidente da associação “Vitimas de 11 de Setembro”, se retiraram do caso por considerar que os verdadeiros mandantes não estão sendo processados.

O advogado do processo, mencionou que, mesmo com a retirada no caso do Direitos Humanos, os acusados ainda estarão sendo mencionados pelo Ministério Público e reclamam da falta de respeito às instituições daquele País, e com a retirada das vítimas do processo, o Ministério Público devesse considerar a retirada, mas acreditam que não o façam.

Comentários

Em alta