Conecte-se conosco





Cotidiano

Detentos com mais de 60 anos e profissionais de saúde são vacinados em presídio da capital

Publicado

em

“Os oito idosos existentes na FOC receberam a primeira dose da vacina de Oxford-AstraZeneca e a segunda será daqui a três meses”

Esta é a primeira etapa de vacinação na unidade de Rio Branco, e as próximas deverão ser realizadas conforme o plano de vacinação do município.

Com apenas oito idosos acima de 60 anos privados da liberdade no sistema carcerário de Rio Branco, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), em acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, realizou nesta segunda-feira, 1º, a vacinação desse grupo prioritário e ainda dos profissionais de saúde que trabalham na unidade básica existente no Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde (FOC).

Além da idade avançada, e ainda por integrarem a população carcerária, idosos institucionalizados estão entre os grupos prioritários no Plano Nacional de Operacionalização contra a Covid-19, apresentado pelo Ministério da Saúde, em dezembro do ano passado.

De acordo com o plano, cabe aos gestores do município criar as medidas e estratégias necessárias para a vacinação de todos os detentos. Esta é a primeira etapa de vacinação na unidade de Rio Branco, e as próximas deverão ser realizadas conforme o plano de vacinação do município.

“Os oito idosos existentes na FOC receberam a primeira dose da vacina de Oxford-AstraZeneca e a segunda será daqui a três meses”, explicou Ingrid Suárez, chefe da Divisão de Saúde Prisional do Iapen.

Além dos idosos do sistema carcerário, o instituto também promoveu a vacinação dos profissionais da unidade básica de saúde existente no complexo penitenciário de Rio Branco.

No total foram 14 profissionais imunizados. Entre eles, enfermeiros e técnicos em enfermagem, auxiliar de farmácia, auxiliar de saúde bucal e dentista.

Comentários

Em alta