Quase 200 policiais estão atuando na operação, realizando buscas e apreensões em 30 endereços

EVERTON DAMASCENO

Decorrente da Operação Off-label, a Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas desta sexta-feira (5) a Operação Dose de Valores, no intuito de combater associação criminosa mantida para a prática de atos de corrupção de agentes públicos, peculato-desvio de verbas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS) e lavagem de capitais, decorrentes de contratos de fornecimentos de medicamentos e insumos hospitalares.

A força-tarefa apura indícios de superfaturamentos e entrega fictícia (nota fiscal fria) no fornecimento de medicamentos e insumos a entidades públicas do Acre.

Os crimes trouxeram ao erário público um prejuízo equivalente a R$ 750 mil, pelo que declarou o órgão em nota.

_______________

Quase 200 policiais estão atuando na operação, realizando buscas e apreensões em 30 endereços nos municípios de Rio Branco/AC, Feijó/AC, Tarauacá/AC, Senador Guiomard/AC, Sena Madureira/AC, Porto Acre/AC, Porto Velho/RO e Joao Pessoa/PB.

_______________

“A Polícia Federal mais uma vez mostra sua preocupação com relação aos crimes de corrupção envolvendo órgãos públicos. Ao todo, são 47 mandados de busca e apreensão nos locais citados, que foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, após a Procuradoria Regional da República da 1ª Região ter se manifestado favoravelmente ao deferimento das referidas medidas”, disse a delegada Larissa Magalhães, chefe da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado (DRCOR).

Comentários