fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Desvalorização do peso boliviano

Publicado

em

Para que a proposta apresentada seja eficaz, deve ser acompanhado por outras políticas fiscais e monetárias que permitam, por exemplo, aos exportadores ter incentivos e condições para trazer os seus dólares para o nosso sistema financeiro.

Opinião do Economista- Luis Fernando Romero Torrejón

Compartilho com vocês uma proposta econômica feita pelo economista Luis Fernando R. Torrejón, para enfrentar temporariamente a atual escassez de dólares e a crescente pressão inflacionária no país, através da desvalorização controlada, relativa e temporária da nossa moeda.

Embora uma desvalorização não seja bem vista popularmente, isso não significa que seja ruim. Na verdade, nossa moeda em relação ao dólar paralelo foi desvalorizada em até 33%, além disso temos uma taxa de câmbio fixa de 6,96 há quase 13 anos.

Os objetivos são reduzir:

1. Reduzir as expectativas negativas, a incerteza e a sobre-demanda pelo dólar em nossa economia.
2. Reduzir a competitividade do dólar paralelo ou negro no mercado de câmbio, especialmente no mercado informal.
3. Restaurar ou aumentar o estímulo (atratividade) ao sector exportador nacional, através de uma taxa de câmbio favorável, para que injetem os seus dólares no sistema financeiro nacional, consequentemente ao público do país.

Embora esta proposta seja tecnicamente viável, terá também uma componente política importante para a sua implementação. Além disso, embora não garanta a resolução plena desta crise cambial, por ser estrutural, pode ajudar a evitar que a situação económica se torne mais crítica. Para que seja mais eficaz, deve ser acompanhado por outras políticas fiscais e monetárias que permitam, por exemplo, aos exportadores ter incentivos e condições para trazer os seus dólares para o nosso sistema financeiro.

É apenas uma proposta, que pode ter defeitos e críticas, mas nesta situação conflituosa, com vista a subir na escala, o país e a população precisam de Propostas positivas, é não de mais problemas econômicos na Bolívia. 

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Rio Branco perde e segue fora do G-4 do Grupo A1 da Série D

Publicado

em

MANOEL FAÇANHA

Na estreia do técnico Marcelo Brás, no comando técnico do Rio Branco, o Estrelão sofreu o seu quarto revés na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Na tarde desta sábado (15), no estádio Aluízio Ferreira, na capital rondoniense, o Porto Velho superou o Estrelão por 2 a 0. Os gols da vitória da equipe da Locomotiva foram marcados na etapa complementar de partida. João Victor, aos 26 minutos, abriu o placar e, aos 44 minutos, Bidick.

Tabela

Com o revés, o Rio Branco segue fora do G-4 e aparecendo apenas na sexta posição na tabela de classificação do grupo A-1, com 11 pontos ganhos, mesma pontuação das equipes do Trem-AP e Manaus-AM, mas com um jogo a mais. Por outro lado, o Porto Velho-RO segue com folga na vice-liderança da chave, com 18 pontos ganhos.

Próximos jogos

O Rio Branco recebe no próximo dia 22 de junho, no estádio Florestão, o Trem-AP, às 19h. O duelo será pra lá de decisivo para o time estrelado e novo revés deixará o time praticamente fora da briga por uma vaga no G-4 da Grupo A1. Um dia depois (23), o vice-líder Porto Velho-RO, recebe, no estádio Aluizio Ferreira, às 17h (de Brasília), a equipe do Princesa do Solimões-AM.

Neste domingo (16), dois jogos sequenciam os jogos do Grupo A1: Manaus-AM x São Raimundo/RR e Humaitá x Manauara-AM. Na segunda-feira (17), o Trem-AP recebe o Princesa do Solimões-AM.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Com emoção até fim, Flamengo arranca empate com Athletico-PR, pelo Brasileirão

Publicado

em

Flamengo arrancou um gol de empate no último minuto de jogo
(ROBSON MAFRA/AGIF)

Lance!

Com gol no último minuto, o Flamengo arrancou o empate com o Athletico-PR por 1 a 1, pela 9ª rodada do Brasileirão. Fernandinho abriu o placar para os mandantes, enquanto Evertton deixou tudo igual.

Com o resultado, o clube carioca chegou aos 18 pontos e segue na liderança de forma provisória. Por outro lado, o Furacão alcançou os 17 pontos e ocupa a vice-liderança.

O Athletico-PR volta a campo para encarar o Botafogo, fora de casa, na quarta-feira (19), pelo Brasileirão. Por outro lado, o Flamengo recebe o Bahia, na quinta-feira (20), também pelo Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Athletico-PR 1 x 1 Flamengo – Brasileirão

9ª rodada

🗓️ Data e horário: domingo, 16 de junho de 2024, às 16h (hora de Brasília)

📍 Local: Ligga Arena, em Curitiba (PR)

🟨 Arbitragem: Anderson Daronco (árbitro); Tiago Augusto Kappes Diel e Michael Stanislau (auxiliares); Daiane Muniz (VAR).

ATHLETICO-PR (Técnico: Cuca)

Léo Linck; Madson, Thiago Heleno, Kaique Rocha e Esquivel; Felipinho, Fernandinho e Erick; Nikão, Mastriani e Christian.

FLAMENGO (Técnico: Tite)

Rossi; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Léo Pereira; Léo Ortiz, Gerson e Lorran; Luiz Araújo, Pedro e Bruno Henrique.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Botafogo vence o Grêmio fora de casa e se garante na liderança do Brasileirão

Publicado

em

Glorioso venceu o Tricolor Gaúcho por 2 a 1, fora de casa, neste domingo (16)

Glorioso venceu o Tricolor Gaúcho por 2 a 1, fora de casa, neste domingo (16)

O Botafogo segue forte na briga pelo topo do Brasileirão e está na liderança. Diante do Grêmio, pela nona rodada, o Glorioso venceu por 2 a 1 no Estádio Kleber Andrade, neste domingo (16), e garantiu a liderança do campeonato, com 19 pontos. Cuiabano e Júnior Santos fizeram os gols do time carioca, enquanto Gustavo Nunes diminuiu para o gaúcho, que está na parte de baixo da tabela, mas tem jogos a menos.

✅ FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 x 2 BOTAFOGO
BRASILEIRÃO – 9ª RODADA

🗓️ Data e horário: domingo, 16 de junho de 2024, às 18h30
📍 Local: Estádio Kleber Andrade, em em Cariacica, na Grande Vitória (ES)
🟨 Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
🚩 Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Fernanda Nandrea Gomes Antunes (MG)
📺 VAR: Wagner Reway (ES)

GRÊMIO (Técnico: Renato Portaluppi)
Caíque; Fábio, Geromel, Gustavo Martins e Mayk; Carballo, Dodi, Cristaldo, Pavón, João Pedro Galvão e Gustavo Nunes.

BOTAFOGO (Técnico: Arthur Jorge)
John; Damián Suárez, Halter, Bastos e Cuiabano; Gregore, Marlon Freitas, Luiz Henrique, Oscar Romero, Tchê Tchê e Júnior Santos.

Comentários

Continue lendo