Conecte-se conosco





Acre

Desempregada e a espera do Estado, mulher pede ajuda para fazer cirurgia

Publicado

em

Alexandre Lima, com Marcus José

A cerca de cinco meses em Brasiléia, cidade distante cerca de 230km da capital acreana, a dona de casa e desempregada, Maria das Graças Maia Lopes (40), vem passando por um problema que lhe pode custa a vida, além de correr riscos graves de saúde e adquirir leucemia.

Gracinha, como é conhecida pela cidade, já foi praticante de esportes e não imaginou que um dia estaria nesta situação. Hoje, descobriu que desenvolveu um mioma uterino anormal, está com o ovário cheiro de cistos que vem causando sangramentos e fortes dores que duram cerca de 25 dias ao menos.

Gracinha vem passando crises de dores e sangramentos que duram quase 30 dias, sendo necessário reposição de sangue - Foto: Alexandre Lima

Gracinha vem passando crises de dores e sangramentos que duram quase 30 dias, sendo necessário reposição de sangue – Foto: Alexandre Lima

No mês de dezembro de 2015, Gracinha conseguiu fazer todos os exames na capita, Rio Branco, onde ficou acertado que a mesma deveria passar por uma cirurgia de retirada do útero, a histerectomia total, para que voltasse a ter uma vida normal.

Até mesmo as seis bolsas de sangue necessárias para a cirurgia conseguiu após uma campanha, onde contou com ajuda de policiais militares do 10º Comando do Alto Acre e amigos. Daí então, com todos os exames que tem validade de sete meses, só restava esperar.

Momentos de emoção ao contar o que vem passando enquanto espera pela cirurgia.

Momentos de emoção ao contar o que vem passando enquanto espera pela cirurgia.

Só não sabia que entraria para uma extensa fila de espera por parte da Secretaria de Saúde do Estado. As crises cada dia mais constantes, fizeram com que perdesse o emprego e contasse apenas com ajuda do esposo e do filho que ainda é menor de idade. Sua mãe está na capital cuidando do padrasto que está internado na Fundação Hospitalar do Acre, ainda não sabia do seu caso, até a publicação desta matéria.

Para aliviar hemorragia, lhe foi indicado a tomar anticoncepcional constantemente, com a intensão de estancar o sangramento, mas, segunda ela, tem dias que não adianta. Devido o remédio, ganhou peso e outros problemas hormonais.

Desesperada e vendo seu caso a cada piorando, ao ponto de tomar sangue para repor, Gracinha procurou ajuda. Foi levantado junto à Secretaria de Saúde, que ela deverá esperar, haja visto que tem pessoas com registro desde 2014 e somente agora em 2016, estão sendo chamadas.

A cirurgia numa clinica particular pode custar cerca de R$ 10 mil reais. Sem saber quando poderá ser chamada, resolveu pedir ajuda e tentar conseguir o dinheiro. A mesma forneceu uma conta poupança de seu filho e número para contatos.

Conta Poupança Caixa Econômica Federal

Nome: Walter M. L. Gomes

Agência: 3416-013 / Conta: 00007645-9

Celular: (68) 9944-6883

Veja vídeo reportagem com Marcus José

Maria das Graças vem contando com apoio dos irmãos, esposo e filho - Foto: Alexandre Lima

Maria das Graças vem contando com apoio dos irmãos, esposo e filho – Foto: Alexandre Lima

Comentários

Em alta