Seu Luís foi resgatado e ficou em observação no hospital de Brasiléia.
Alexandre Lima e Almir Andrade

Dois casos direcionados a derrubadas na zona rural do município de Brasiléia, registraram um óbito e um ferido durante o dia desta segunda-feira, dia 28. Os acontecimentos foram em localidades diferentes que são ligadas pela BR 317 (Estrada do Pacífico).

Durante a manhã, os bombeiros do 5º Batalhão do Alto Acre foram acionados a uma local de derrubada, com acesso pelo ramal Alegria do Carmo, tendo de que deslocar cerca de 40km até encontrar e resgatar o senhor Luís Gonzaga Filho, de 59 anos.

Segundo foi apurado, Luís estava trabalhando fazendo derrubada quando um pedaço de uma árvore caiu e lhe atingiu a região do tórax. O trabalhador teve a sorte de apenas ter perdido os sentidos e não ter nenhum membro externo e órgão interno afetados mortalmente. Seu Luís ficou em observação no hospital de Brasiléia e seria liberado momentos depois.

Jovem Erlivani não resistiu e perdeu a vida na frente de seus pais.

Já no período da tarde na Colocação Areal, localizada dentro do Seringal Vale Quem Tem, com acesso pela BR 317 (Estrada do Pacífico), no km 59. Erlivani de Souza Mendes (20), estava trabalhando numa derrubada juntamente com seu pai e a mãe, quando aconteceu a tragédia.

Segundo foi relatado, estavam trabalhando normalmente quando uma árvore tombou e foi de encontro ao jovem, caindo encima do seu tórax lhe causando morte instantânea na frente dos pais.

Mesmo na esperança de resgatar o filho com vida, o pai cortou o tronco que estava encima do filho, mas, restou apenas levar o corpo para a cidade e passar pelos procedimentos e ser levado de volta para ser velado.

 

 

Comentários