Conecte-se conosco

Geral

Deracre e Controladoria-Geral firmam acordo para fiscalização de obras

Publicado

em

O Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), representado pelo seu presidente, Petronio Antunes, e a Controladoria-Geral do Estado, por meio do seu titular, Luís Almir Brandão, assinaram, nesta terça-feira, 10, na sede da autarquia em Rio Branco, um acordo de cooperação técnica para análise preventiva e corretiva em processos de aquisição e serviços, além de acompanhamento de execução de obras.

Deracre e CGE firmaram termo de cooperação técnica. Foto: Egídio Roque/Deracre

Além disso, o acordo prevê auxílio nas demandas da autarquia perante os órgãos de controle, como fiscalização e supervisão das respostas das atividades de controle interno, bem como em capacitações de servidores.

No encontro, Antunes agradeceu a parceria firmada e garantiu a disponibilidade de apoio técnico nas atividades e execução dos serviços: “Agradeço a visita e o Deracre está à disposição da Controladoria-Geral do Estado”.

Luís Almir Brandão enfatizou a importância do termo de cooperação técnica entre as partes. “Estamos trabalhando juntos para fortalecer as ações em nosso estado, bem como garantir a transparência e continuidade do trabalho”, destacou.

Comentários

Geral

Governo firma parcerias com prefeituras para avançar com regularização fundiária no Juruá

Publicado

em

Em 2023, a meta do governo do Estado é entregar, de forma gratuita, mais de 1.600 títulos definitivos de terra para acreanos que residem no Vale do Juruá.

Mais de 1.600 títulos definitivos de terra serão entregues no Juruá, em 2023. Foto: Assessoria Iteracre

Nesta quarta-feira, 22, a presidente do Instituto de Terras do Acre (Iteracre), Gabriela Câmara, firmou parceria com as prefeituras de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, para avançar com a regularização fundiária na região.

“A união de Estado e municípios traz agilidade ao processo de regularização fundiária, concretizando o sonho do título definitivo de terra. É uma determinação do governo para que o Iteracre se aproxime da população, desburocratizando e garantindo a oferta dos nossos serviços”, ratificou Grabriela Câmara.

Gabriela Câmara: “Trabalhamos para desburocratizar e ofertar nossos serviços à população”. Foto: Assessoria Iteracre

De acordo com o planejamento do Iteracre, os 600 títulos previstos para Mâncio Lima devem ser entregues em três meses, contemplando meta do plano de cem dias de governo. “A ação vem fortalecer as políticas do município. Se os beneficiados fossem arcar com os gastos, teriam que desembolsar, em média, 15 mil reais por cada título. É um presente de valor imensurável à população”, lembrou Izaque Lima, gestor de Mâncio Lima.

Izaque Lima: “Será um benefício de valor imensurável ao povo”. Foto: Assessoria Iteracre

O prefeito de Cruzeiro do Sul reforça que a parceria gera desenvolvimento à população. “A partir de agora, nossa equipe fará o trabalho burocrático, fazendo levantamento das áreas que serão agraciadas. Com a união, só quem ganha é o povo”, pontuou Zequinha Lima.

Zequinha Lima: “Com a união, só quem ganha é o povo”. Foto: Assessoria Iteracre

Minha Terra de Papel Passado: 3 mil títulos definitivos devem ser entregues no Acre

Lançando no dia 3 de março, em Rio Branco, pelo Executivo estadual, o programa Minha Terra de Papel Passado tem a meta de entregar 3 mil títulos definitivos durante os cem primeiros dias da gestão Gladson Cameli.

O maior programa de regularização fundiária do Estado deve contemplar todos os municípios acreanos, garantindo a milhares de famílias inclusão de acesso ao crédito para a melhoria de moradia, além de contribuir na gestão dos municípios, com a identificação do titular de direito dos lotes e na arrecadação, por meio do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

 

Comentários

Continue lendo

Geral

Bancada federal e estadual do Acre pedem retomada de voos e redução do preço das passagens aéreas a companhias

Publicado

em

Dívidas causadas pela pandemia e dólar são apontados como principais vilões da alta dos preços.

Sob a coordenação do Senador Alan Rick, as Bancadas Federal e Estadual do Acre se reuniram, nesta quarta-feira, 22, no Senado Federal, com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) e representantes da Gol e Latam.

“Requeremos as empresas que retomem os voos diurnos e que reduzam os preços para a nossa região que sofre com os preços altíssimos das passagens aéreas”, explicou Alan Rick.

Conforme o Presidente da ABEAR, Eduardo Sanovickz, a maior parte dos custos está atrelada ao dólar, especialmente no que diz respeito ao querosene de aviação, que, apesar de utilizar 95% de combustível produzido no Brasil, o valor do litro varia conforme o câmbio da moeda americana.

“Nós estamos articulando, junto aos Ministérios da Fazenda e do Turismo, para que possamos alterar essa política de precificação atrelada ao dólar”, adiantou o Coordenador da Bancada Federal.

As despesas das companhias com leasing das aeronaves, que também são em dólar, e a folha de pagamento foram os outros itens citados pela Gerente de Assuntos Regulatórios da Latam, Tatiana Viana, como os que pesam no preço das passagens.

A variação do preço das passagens para um mesmo voo também foi criticada pelo parlamentares. Segundo Alberto Fajerman, Assessor Especial da Presidência da Gol, as companhias estão empenhadas em resolver o problema da alta dos preços. “Mas sempre haverá passagens mais caras, que são compradas mais perto da decolagem, e passagens mais baratas, compradas por quem pode se programar.”

Quanto à retomada dos voos a Gerente da Latam disse que o assunto será encaminhado ao setor responsável pelas rotas. O prazo estimado é de 90 dias. “Pedimos que vocês analisem essa questão e reduzam o tempo de resposta, para que o voo diurno seja retomado o quanto antes”, pediu Alan Rick.

Os prejuízos acumulados durante a pandemia, quando a maior parte das aeronaves ficou parada, em razão do isolamento, também pesam no bolso das companhias aéreas. Conforme Sanovickz, o Brasil foi um dos poucos países que não ofereceu subsídios para as empresas se recuperarem.

“Todos os setores sofreram e essa conta é de todos. No que tange ao Congresso, eu tenho certeza que vamos buscar caminhos para que possamos ajudar, porque são empresas que, se deixarem de voar, prejudicam todo mundo”, disse Alan Rick.

Participaram da reunião os Deputados Federais Socorro Neri, Vice-coordenadora da Bancada Federal; Antônia Lúcia; Zezinho Barbary; Roberto Duarte; Meire Serafim; Eduardo Veloso; e Coronel Ulysses. E os Estaduais Luiz Gonzaga, Presidente da Aleac; Tadeu Hassen; Gene Diniz; e Clodoaldo Rodrigues.

Comentários

Continue lendo

Geral

Investigadores da DCORE recuperam arma e celular de perito criminal assaltado no centro da cidade

Publicado

em

Investigadores da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões da Polícia Civil (DCORE), conseguiram recuperar a arma e o telefone de um perito criminal.

O agente de segurança pública foi assaltado na manhã do último dia 19, em pleno centro da cidade.

A pistola calibre 380 e o aparelho celular foram localizados no início da tarde desta quarta-feira, 22.

Benedito Damião, acusado do roubo, tinha sido preso horas antes por agentes DCORE. Damião, como é mais conhecido, foi preso na região da Capoeira, no centro de Rio Branco.

O perito criminal da Polícia Civil, que não teve o nome revelado, foi assaltado após deixar uma agência bancária, no último domingo.

Segundo informações, ao sair do banco, o acusado teria pedido dinheiro ao agente de segurança. Frente a recusa, o criminosa atacou o perito e, roubou a arma, o telefone e o dinheiro que a vítima sacou.

O bandido ainda agrediu a vítima e depois saiu tranquilamente do local.

Uma equipe de investigadores da DCORE começaram a trabalhar no caso e conseguiram identificar e prender o autor do crime.

Benedito Damião estava com um mandado de prisão preventiva em aberto. De acordo com informações, ele se passava por morador de rua para assaltar vítimas.

Comentários

Continue lendo

Em alta