Tchê afirma que não há recurso financeiro novo circulando no Acre e ressalta que o Estado vive de arrecadações e empréstimos.

Tchê: "Será que a presidente Dilma, tem olhado com carinho para o Acre?” - Foto: Divulgação
Tchê: “Será que a presidente Dilma, tem olhado com carinho para o Acre?” – Foto: Divulgação

Da redação, com Gina Menezes

O líder do PDT na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado José Luiz Tchê, criticou duramente, durante a sessão de quarta-feira (5), a política da presidente Dilma Russeff (PT) e afirmou que não sabe até quando o governador Tião Viana (PT) conseguirá manter a máquina estatal em funcionamento, haja vista que a situação econômica, segundo ele, não é boa. “

“Será que ela, a presidente Dilma, tem olhado com carinho para o Acre? Se a presidente tivesse incentivado ao menos a ZPE no Acre, com certeza já teria por aqui alguma indústria instalada porque em anos não há uma indústria aqui”, diz.

Tchê afirma que não há recurso financeiro novo circulando no Acre e ressalta que o Estado vive de arrecadações e empréstimos. “O Estado vive praticamente de IPVA, ICMS e verba parlamentar”, diz.

Na oportunidade do discurso, Tchê criticou também o investimento de recursos brasileiros para a construção do Porto de Mariel, em Buca.

O parlamentar também criticou o perdão de dívidas de países africanos. “Enquanto ela perdoa dívidas de outros países, os nossos Estados estão afundados em dívidas com a União”, diz.

Comentários