antonio250315

O Deputado Antônio Pedro (DEM) fez um registro durante sessão desta terça-feira (1º), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), sobre a audiência pública da qual participou no município de Brasileia, onde foram tratadas as multas que produtores rurais que moram na Reserva Extrativista Chico Mendes têm recebido do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O deputado alega que os produtores não têm outro meio de sobrevivência que não seja o cultivo. Disse ainda que muitos se sentem coagidos com a ação de alguns fiscais que chegam armados, aplicam multas com altos valores e os ameaçam de serem expulsos de suas terras caso não paguem as taxas cobradas.

“Presenciei depoimentos de produtores rurais que estão chocados com a maneira que fiscais do ICMBio os têm tratado. Foram relatados valores de multas que chegaram a 180 mil reais. Como uma pessoa simples, que vive do que cultiva, vai conseguir pagar isso? É uma covardia o que estão fazendo, os fiscais chegam armados como se estivessem em busca de bandidos, humilhando pais de família que querem apenas trabalhar. Senadores, deputados federais e estaduais do Acre precisam se unir para ajudar essas pessoas, finalizou”. (Assessoria)

Comentários