A segurança chegou ao caos! Como se não bastassem os roubos diários nas ruas, arrastões em ônibus, roubos em casas e escolas, agora membros de facções resolveram roubar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Na madrugada desta quarta-feira (4) por volta das 4h, o Samu foi acionado para fazer um atendimento de um paciente com relatos de câncer na rua Durval Camilo, no bairro Canaã, quando os paramédicos chegaram no local e entraram na residência para prestar os devidos atendimentos ao paciente, cinco homens não identificados, membros de uma facção invadiram a casa e em posse de armas de fogo, renderam os familiares e os paramédicos do Samu. Os criminosos pediram os pertences dos profissionais, carteiras e celulares, mas os paramédicos tinham deixado na base do Samu.

Os bandidos começaram a ameaçá-los e revistá-los em seguida obrigaram os profissionais a tirarem suas roupas.

Os paramédicos e os familiares ficaram reféns dos criminosos durante 1 hora.

Não satisfeitos, os faccionários roubaram alguns objetos dos familiares do paciente e foram imediatamente até a ambulância e subtraíram uma bolsa de vias aéreas, uma bolsa de traumas para fazer curativos, vários materiais de atendimentos diversos e fugiram do local. Os bandidos fugiram do local tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local, colheram as características dos autores do crime e em seguida fizeram rondas na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado.

Comentários