Durante dois dias equipe do Judiciário Acreano conheceu as experiências do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Nos dias 10 e 11 de outubro, membros da Corregedoria-Geral da Justiça (COGER) do Poder Judiciário Acreano visitaram o Tribunal da Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (TJRN). O objetivo foi conhecer a experiência do Tribunal nordestino no uso do Processo Judicial Eletrônico (PJe), do Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU) e POTI.

O juiz de Direito Leandro Leri Gross, auxiliar da Corregedoria, e servidores da Diretoria de Tecnologia da Informação (DITEC) do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) realizaram a visita. Na ocasião, o presidente do TJRN, desembargador João Rebouças, juntamente com alguns magistrados, recebeu a equipe acreana.

O momento possibilitou a observação da forma de gerenciamento feita pelo Poder Judiciário potiguar de alguns programas eletrônicos. Dessa maneira, a Corregedoria está construindo subsídios para a gestão do TJAC, que avaliará quais caminhos serão tomados para o aprimoramento dos serviços e atendimento das demandas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“A Administração do Judiciário Acreano está preocupada em atender e aperfeiçoar os serviços jurisdicionais prestados no Acre. Essa visita possibilitou a coleta de informações, o conhecimento da experiência para nosso Tribunal Pleno decidir acerca da melhor maneira de continuarmos empregando as ferramentas tecnológicas a favor da promoção da justiça”, comentou o magistrado.

Ao término da visita, o juiz de Direito Leandro Leri Gross elaborou relatório sobre as experiências e encaminhou para avaliação da Administração.

Comentários