A história singular.

Refém do agressivo e letal coronavírus, o planeta enlouqueceu. O vírus que surgiu na China contaminou milhares de pessoas mundo afora. A pandemia pôs a humanidade em quarentena e determinou novos hábitos.

Confinados, solitários e em pânicos…

…multidões radicalizaram meios de sobrevivência. A corrida aos mercados e drogarias foram conflituosas, intensas e insanas.  No comércio falta alimentos, remédios e o clima tenso dispara alertas em efeito manada.

Com a cabeça cheia de medo…

…do “desconhecido” ver saídas é difícil. E como a ansiedade inventa soluções para o imprevisível, abastecer a dispensa não é considerado exagero a quem está sob o estado de pânico, mesmo prejudicando outros. O carimbo de “imunidade” contra fenômenos letais, costuma ser egoísta.

Aonde encontrar racionalidade…

…em meio ao caos? Quando a ciência falha é impossível avaliar a enxurrada de informações circulando nos meios de comunicação. Agravando a tensão, pessoas disparam notícias dramáticas com sérias consequências coletiva. A sobrecarga emocional é intensa e as dúvidas varrem o equilíbrio mental.

Considerando o cenário emergencial mundial…

…é impossível subestimar a letalidade da corona vírus, os boletins diários, provam que além de agressivo, letal, é de circulação espiral e contágio rápido. Realidade que justifica as duras medidas de contenção do avanço da doença.

O temor é contagioso…

…e conviver com o desamparo não é fácil principalmente quando uma pandemia prova a vulnerabilidade humana. Não é hora de alimentar o caos, nem perder a esperança, precisamos unir vivências traumáticas, identificar limitações e possibilidades para evitar maior sofrimento psíquico.

O momento é assustador…

…mas não estamos sós, temos profissionais combatendo a pandemia. Em tempos difíceis precisamos construir vias saudáveis e cada um deve fazer a sua parte. Acalme o coração e tenha fé, cumpra com as recomendações, as restrições são temporais e necessárias. Os dados mostram que o coronavirus, ainda que não tenha tratamento específico, em sua maioria evolui para a cura.

Espalhe amor e alcance a paz interna.

  • Transforme em fortaleza as suas fraquezas;
  • Viva um dia por vez, entrega o amanhã a Deus;
  • Evite pensar negativo, eles produzem sensações físicas ruins;
  • Tenha fé e mentalize positivo, atrai energias saudáveis;
  • Vigie seus pensamentos para equilibrar o físico e espiritual;
  • Não procure informações constantemente, evita pânico;
  • Se precisar fale sobre suas aflições com alguém de confiança;
  • Não poste notícias dramáticas.

Quanto as crianças…

…, ao perguntarem, explique a elas o que acontece, usando linguagem simples. Toda atitude positiva é muito importante para este momento.

Aos idosos…

…essa crise contemporânea será branda se formos parceiros de sua fragilidade física.

O coronavírus pode se disseminar das seguintes formas:

 

  1. Tosse;
  2. Espirro;
  3. Contato com secreções respiratórias;
  4. Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  5. Contato com objetos e superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Recomendações:

  • Permaneça em quarentena;
  • Saia de casa se for estritamente necessário;
  • Evite aglomerações;
  • Mantenha a casa arejada e limpa;
  • Use máscara de proteção ao sair de casa;
  • Em sinais de gripe, use máscara;
  • Em sinais suspeitos por coronavirus, procure o serviço de saúde;
  • Evite contato corporal (abraços, apertos de mãos, etc.);
  • Não ponha a mão na boca, nariz e olhos;
  • Mantenha a higiene pessoal usando álcool em gel ou sabão.

Forte:unimedfortaleza.com.br

Comentários