fbpx
Conecte-se conosco

Brasil

Coquetel e desfile marcam a noite de abertura da Brasília Design Week no Museu Nacional

Publicado

em

Coquetel e desfile marcam a noite de abertura da Brasília Design Week no Museu Nacional
Pedro Reis

Coquetel e desfile marcam a noite de abertura da Brasília Design Week no Museu Nacional

Na noite dessa quarta-feira (3), o Museu Nacional da República foi o cenário da abertura de um dos eventos mais esperados do calendário cultural da capital: a Brasília Design Week (BDW) .

Entre os convidados ilustres, destacaram-se Giselle Ferreira, secretária da Mulher do DF; Sonia Guajajara, ministra dos Povos Indígenas do Brasil; José Aparecido Freire, presidente do Sistema Fecomércio-DF; Leonardo Reisman, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF; e o renomado arquiteto Marcelo Rosenbaum.

A noite foi animada pela trilha sonora do DJ Barata e da banda Projeto In Trio, enquanto os convidados desfrutavam das bebidas oferecidas pela Casa Perini e Urban. A organização ficou por conta da Com Vento – Comunicação e Eventos.

O ponto alto da noite foi o desfile do estilista Maurício Duarte, que apresentou suas criações no icônico espaço do Museu Nacional da República, com direito a descida dos modelos pela rampa do monumento.

Desfile do Estilista Maurício Duarte (25)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (25)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (24)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (24)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (20)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (20)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (19)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (19)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (18)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (18)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (17)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (17)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (16)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (16)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (15)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (15)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (14)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (14)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (12)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (12)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (11)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (11)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (10)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (10)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (9)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (9)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (5)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (5)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (4)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (4)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (3)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (3)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (1)

Desfile do Estilista Maurício Duarte (1)

O designer, que pertence ao povo Kaixana, ganhou notoriedade ao vestir a primeira-dama Janja Silva para um evento de sustentabilidade internacional em 2023 e é destaque na lista Forbes Under 30. Após o desfile, Maurício expressou sua emoção: “É uma enorme realização. Sempre sonhei em ser um artista” .

Maurício Duarte
Maurício Duarte | Foto: Vanessa Castro

Além disso, o estilista revelou com exclusividade ao GPS | Brasília seus planos para o futuro: “Serei o único brasileiro a integrar um time de designers da América Latina na próxima NYFW. Será muito especial! Apresentarei uma versão 2.0 da coleção Piracema” .

A Brasília Design Week 2024, que se estenderá pela próxima semana, mas tem programação até agosto, promete movimentar a cidade e posicionar Brasília como um polo de design no cenário internacional. Desde 2017, a capital é reconhecida pela Unesco como “Cidade Criativa do Design” e, em novembro de 2023, lançou o movimento Brasília Cidade do Design, que culmina na realização da BDW 2024.

Brasília Design Week (18)

Brasília Design Week (18)

Brasília Design Week (16)

Brasília Design Week (16)

Brasília Design Week (14)

Brasília Design Week (14)

Brasília Design Week (13)

Brasília Design Week (13)

Brasília Design Week (12)

Brasília Design Week (12)

Brasília Design Week (11)

Brasília Design Week (11)

Brasília Design Week (10)

Brasília Design Week (10)

Brasília Design Week (9)

Brasília Design Week (9)

Brasília Design Week (8)

Brasília Design Week (8)

Brasília Design Week (7)

Brasília Design Week (7)

Brasília Design Week (6)

Brasília Design Week (6)

Brasília Design Week (5)

Brasília Design Week (5)

Brasília Design Week (3)

Brasília Design Week (3)

Brasília Design Week (2)

Brasília Design Week (2)

Brasília Design Week (1)

Brasília Design Week (1)

“Brasília é a cidade que nasceu do design e renasce do design todos os dias. Queremos transformar isso em um evento nacional. Eu fico imaginando Brasília lançando tendência, porque nos anos 1960 era isso. Essa marca do design e da moda sendo referência para o mundo, com todos esses nomes: Sérgio Rodrigues, Niemeyer, Athos Bulcão, Burle Marx. A gente quer trazer isso de volta, porque está no DNA dela“ , afirmou Caetana Franarin, idealizadora do projeto.

Caetana Franarin
Caetana Franarin | Foto: Vanessa Castro

A programação da Brasília Design Week inclui exposições, oficinas, workshops e feiras, destacando práticas sustentáveis e regenerativas no design. A exposição principal, com peças de designers brasilienses e brasileiros, estará no Museu Nacional da República, e a mostra “Jalapoeira Apurada”, assinada por Marcelo Rosenbaum, ocupará o anexo do museu.

Confira quem passou pelo coquetel pelas lentes de Vanessa Castro:

Giselle Ferreira

Giselle Ferreira

Wesley Santos e Karla Abreu

Wesley Santos e Karla Abreu

Leonardo Reisman

Leonardo Reisman

Paulo Sérgio Niemeyer, Adriana Benguela e Marcelo Rosenbaum

Paulo Sérgio Niemeyer, Adriana Benguela e Marcelo Rosenbaum

Paulo, Beatriz Guimarães, Paula Santana e Valcides Araújo

Paulo, Beatriz Guimarães, Paula Santana e Valcides Araújo

Vivil Guimarães e João Marcelo Souza

Vivil Guimarães e João Marcelo Souza

Gustavo Roccha e Iole Saraiva

Gustavo Roccha e Iole Saraiva

Thiago Malva, ..., Andréia Carvalho e Jefferson Pereira

Thiago Malva, …, Andréia Carvalho e Jefferson Pereira

Clara Regina (vestido Cia Do Lacre)

Clara Regina (vestido Cia Do Lacre)

Elma Sousa e Henrique Silva

Elma Sousa e Henrique Silva

Otávio, Vitória e Cristiane Pimenta da Veiga

Otávio, Vitória e Cristiane Pimenta da Veiga

Beatriz Guimarães, Rita Nolasco (procuradora da fazenda Nacional) e Mônica Monteiro

Beatriz Guimarães, Rita Nolasco (procuradora da fazenda Nacional) e Mônica Monteiro

Victor Correa e Anagelica Rodrigues

Victor Correa e Anagelica Rodrigues

Roberta Mandelli e Eliene Lucindo

Roberta Mandelli e Eliene Lucindo

Ministra Sônia Guajajara e Caetana Franarin

Ministra Sônia Guajajara e Caetana Franarin

Ana Paula Repezza (diretora de negócios da Apex) e Candida Cervieri (presidente da Abimovel)

Ana Paula Repezza (diretora de negócios da Apex) e Candida Cervieri (presidente da Abimovel)

Ana Paula Repezza, Ministra Sônia Guajajara, Caetana Franarin e Candida Cervieri

Ana Paula Repezza, Ministra Sônia Guajajara, Caetana Franarin e Candida Cervieri

Dimitri Lociks

Dimitri Lociks

Caetana Franarin e Giselle Ferreira

Caetana Franarin e Giselle Ferreira

Beatriz Guimarães

Beatriz Guimarães

Ludmyla Castro e Moura, Natália Castro e Luiza Maia

Ludmyla Castro e Moura, Natália Castro e Luiza Maia

Alisson Abreu

Alisson Abreu

José Aparecido, Caetana Franarin e Leonardo Reisman

José Aparecido, Caetana Franarin e Leonardo Reisman

Alexandre Villain, Rivas, Caetana Franin e Leonardo Reisman

Alexandre Villain, Rivas, Caetana Franin e Leonardo Reisman

Nina Coimbra, Secretário de Ciência e tecnologia do DF Leonardo Reisman, Caetana Franin e Gero Tavares

Nina Coimbra, Secretário de Ciência e tecnologia do DF Leonardo Reisman, Caetana Franin e Gero Tavares

Márcia Zarur, Caetana Franarin e Ana Maria Lopes

Márcia Zarur, Caetana Franarin e Ana Maria Lopes

Nina Coimbra

Nina Coimbra

Estilista Maurício Duarte e equipe

Estilista Maurício Duarte e equipe

José Aparecido, Celina Leão, Maurício Duarte, Giselle Ferreira e Caetana Franarin (2)

José Aparecido, Celina Leão, Maurício Duarte, Giselle Ferreira e Caetana Franarin (2)

Maurício Duarte

Maurício Duarte

Guilherme Pimenta da Veiga Neves, Helena, Isabel e Caetana Franarin, Cedida ao GPS - Fotógrafo_ Cristiano Yung_Midas Comunicação

Guilherme Pimenta da Veiga Neves, Helena, Isabel e Caetana Franarin, Cedida ao GPS – Fotógrafo_ Cristiano Yung_Midas Comunicação

Priscila Botelho, Walter Lourenço, Camila Fato e Henry Miranda

Priscila Botelho, Walter Lourenço, Camila Fato e Henry Miranda

Ana Paula Repezza

Ana Paula Repezza

Diego Trappel e Samuel Lamas

Diego Trappel e Samuel Lamas

Candida Cervieri, Ana Paula Repezza, Maria Paula Velloso (Apex) e Clarissa Franco (Apex)

Candida Cervieri, Ana Paula Repezza, Maria Paula Velloso (Apex) e Clarissa Franco (Apex)

Nalu Melgaço, Lara São José e Rany Lima

Nalu Melgaço, Lara São José e Rany Lima

Chica Rosa (Companhia do Lacre) e Tiago Lucas (Cabaré Místico)

Chica Rosa (Companhia do Lacre) e Tiago Lucas (Cabaré Místico)

The post Coquetel e desfile marcam a noite de abertura da Brasília Design Week no Museu Nacional first appeared on GPS Brasília – Portal de Notícias do DF .

Fonte: Nacional

Comentários

Continue lendo

Brasil

Além do Madeira, outros cinco rios de Rondônia registram mínimas históricas este ano

Publicado

em

O relatório é resultado de um acompanhamento semanal, desdobramento de um trabalho em conjunto de autoridades estaduais e federais que estão desenvolvendo ações para mitigar os efeitos da seca, que neste ano, de acordo com previsões meteorológicas pode ser mais intensa

O comandante da Corporação comentou acerca do assunto e reiterou que a seca intensa no estado é uma realidade que pode causar muitos problemas a todos

Dos 9 rios que banham Rondônia, cinco registraram mínimas abaixo da média no comparativo entre os dois anos anteriores. Os dados são fornecidos pela Agência Nacional de Águas (ANA), e endossados pelo governo do estado, que possui uma sala de situação com monitoramento constante do fluxo hídrico. O relatório é resultado de um acompanhamento semanal, desdobramento de um trabalho em conjunto de autoridades estaduais e federais que estão desenvolvendo ações para mitigar os efeitos da seca, que neste ano, de acordo com previsões meteorológicas pode ser mais intensa. A escassez de água está prevista em toda a região Norte e se dá em decorrência do El Niño (fenômeno natural caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do oceano Pacífico na sua porção equatorial).

Segundo o relatório produzido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), com medições referentes à semana do dia 15/7 a 22/7, o rio Madeira, em Porto Velho, estava com 2,71 metros de profundidade. O rio Machado, em Ji-Paraná, registrou 6,36 metros; enquanto o rio Jaruaru, em Jaru, 0,64 metros. O rio Pimenta, em Pimenta Bueno, está com 3,70 metros; o rio Mamoré, em Guajará-Mirim, 6,14 metros; e o Guaporé, em Costa Marques, 4,01 metros. O rio Jamari, em Ariquemes, está com 1,44 metros; e o rio Candeias, em Candeias do Jamari, com 9,99 metros.

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia (CBMRO), coronel Nivaldo de Azevedo, é o coordenador do comitê de Crise Hídrica, que foi criado pelo governo de Rondônia para gerenciar o problema. O comandante da Corporação comentou acerca do assunto e reiterou que a seca intensa no estado é uma realidade que pode causar muitos problemas a todos. “Não choveu o suficiente para encher os mananciais e os lençóis freáticos. Esse fator, somado ao fato de que a seca do ano passado também foi forte, gerou uma seca mais intensa em 2024. Estamos fazendo o monitoramento periódico e buscando soluções para garantir o fornecimento de água, mas o problema é real e precisamos da colaboração de todos.”

Ainda segundo o comandante do CBMRO, o monitoramento dos rios continua e a população precisa colaborar com o consumo consciente de água. Os esforços que o governo tem aplicado em torno da situação só irão surtir efeito com a participação de todos. “Municípios, estado, órgãos de fiscalização e controle, União, todos estão engajados no processo. As pessoas também precisam colaborar utilizando água de forma consciente, sabendo que estamos enfrentando um momento difícil em se tratando de recursos hídricos”, enfatizou.

Comentários

Continue lendo

Brasil

Militar da Base Aérea é preso por tentativa de furto

Publicado

em

O militar ainda tentou negociar, afirmando que pagaria, mas a Polícia foi acionada, ele recebeu voz de prisão e levado para a sede da Polícia Civil.

A prisão denum militar da Base Aérea de Porto Velho aconteceu na noite desta segunda-feira (23), em uma loja, localizada na Avenida Rio Madeira, bairro Flodoaldo Pontes Pinto.

Funcionários da loja viram quando o militar saiu do estabelecimento levando a mochila sem pagar, avaliada em R$ 500.

Uma equipe de segurança conseguiu segurar o militar até a chegada da Polícia.

O militar ainda tentou negociar, afirmando que pagaria, mas a Polícia foi acionada, ele recebeu voz de prisão e levado para a sede da Polícia Civil.

Comentários

Continue lendo

Brasil

Rio Madeira atinge nível crítico de 2,85 metros em Porto Velho

Publicado

em

Porto Velho enfrentaria mais um ano de crise hídrica, podendo desencadear uma série de prejuízos econômicos e sociais, com a possibilidade em uma crise no abastecimento de combustíveis e mantimentos

As prefeituras estão aptas a solicitar recursos do Governo Federal para ações de defesa civil, como compra de cestas básicas, água mineral, refeição para trabalhadores e voluntários, kits de limpeza de residência, higiene pessoal e dormitório, entre outros.

Com a seca severa que Porto Velho e outros municípios de Rondônia atravessam, o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional, publicou a portaria 2.545, no Diário Oficial da União, reconhecendo a situação de emergência na capital e em mais 17 cidades do estado que enfrentam a grande estiagem.

Estão na lista, além da capital, as cidades de Alta Floresta D’Oeste, Alto Alegre dos Parecis, Ariquemes, Campo Novo de Rondônia, Cerejeiras, Cujubim, Espigão D’Oeste, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho D’Oeste, Ministro Andreazza, Nova Mamoré, Primavera de Rondônia, Santa Luzia D’Oeste, São Miguel do Guaporé, Seringueiras e Urupá.

Com a situação de emergência reconhecida, as prefeituras estão aptas a solicitar recursos do Governo Federal para ações de defesa civil, como compra de cestas básicas, água mineral, refeição para trabalhadores e voluntários, kits de limpeza de residência, higiene pessoal e dormitório, entre outros.

Madeira

Nesta segunda-feira (22), de acordo com a Defesa Civil Municipal, o nível do rio Madeira em Porto Velho está em 2,85 metros, o menor registrado no ano. Como comparação, no mesmo período de 2023, quando também foi registrada uma seca severa, o Madeira apontava uma média de 5,40 metros. Ou seja, o nível atual é quase metade do ano passado.

Providências

Em junho passado, antevendo que Porto Velho enfrentaria mais um ano de crise hídrica, podendo desencadear uma série de prejuízos econômicos e sociais, com a possibilidade em uma crise no abastecimento de combustíveis e mantimentos, que chegam até a capital via fluvial, pelo rio Madeira, o prefeito Hildon Chaves encaminhou ao ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, um documento solicitando providências para prevenção e enfrentamento à crise hídrica.

No documento, a prefeitura alerta para a necessidade de planejamento antecipado, com a autorização para o transporte de combustível e outros produtos, seja por meio fluvial ou por rodovias, para que sejam organizadamente estocados, buscando-se mitigar problemas com a seca emergencial e iminente.

Comentários

Continue lendo