Em reunião com a empresa FC Teles Construtora, que fez a obra, foi registrada em ata para tentar esclarecer os motivos do incidente.

O desabamento de uma quadra poliesportiva construída na Praça da Juventude, em Epitaciolândia, deve ser explicada preliminarmente em até 15 dias, segundo informou a prefeitura da cidade, em nota de esclarecimento à imprensa.

O incidente ocorreu no início da semana, após uma forte ventania.

Em nota, a gestão de Tião Flores disse que será necessário realizar estudos técnicos par explicar o que levou ao sinistro.

Uma reunião com a empresa FC Teles Construtora, que fez a obra, foi registrada em ata para tentar esclarecer os motivos do incidente.

“A Prefeitura Municipal de Epitaciolândia em conjunto com a empresa FC Teles Construtora, se comprometeram através de ata registrada, apresentar no prazo de 15 dias um relatório prévio com indicação preliminar dos fatos ocorridos, sendo que, por parte da prefeitura, será criada uma comissão com integrantes da municipalidade, Caixa Econômica Federal e Amac”, diz a nota,

A medida da prefeitura, contudo, segundo a nota, não será suficiente para esclarecer o que aconteceu. Dessa forma, explica a nota, “a prefeitura contratará uma empresa especializada para este tipo de perícia, para que se possa detectar se houve erro técnico e/ou caso fortuito que se identifique o possível culpado e assim sejam tomadas as providências cabíveis”, completa.

Comentários