Roçadeira que estava com a vítima foi levada para a delegacia.

Está sendo preparado para ser transferido do município de Brasiléia, Taellon Ismaik de Oliveira, de 33 anos, após ser ferido com vários golpes de terçado (facão) na rua Marechal Rondon, conhecida como “Rua da Goiaba”, por volta das 10h00 desta segunda-feira, dia 19.

Segundo foi apurado até o momento, Taellon estava saindo para trabalhar com uma roçadeira, quando se desentendeu com um homem identificado por Paulo Cruz em visível estado de embriaguez alcoólica, que lhe acusava de furto de um aparelho de celular, iniciando um discursão entre os dois.

Taellon Ismaik foi levado para o hospital às pressas após perder muito sangue causado pelos ferimentos.

Em dado momento da confusão partiu contra Taellon que estaria saindo de sua casa para trabalhar e teria tentado se defender com o equipamento contra Paulo, lhe ferindo com a lâmina na cabeça. Foi quando José Roberto, conhecido pelo apelido “Dida”, percebeu a confusão se apossando de um terçado e partiu em defesa do irmão.

Taellon foi ferido por diversas vezes na cabeça, braços e pescoço, lhe causando muita perca de sangue. Foi quando o Siosp foi comunicado do fato e encaminhou uma viatura da Polícia Militar até o local e encontraram o homem perdendo muito sangue.

Percebendo a gravidade dos ferimentos, o homem foi colocado na viatura e levado às pressas para o hospital Raimundo Chaar, onde foi atendido. Seu estado de saúde foi considerado delicado devidos os vários ferimentos na cabeça, pulsos e muita perca de sangue.

Momentos depois, uma equipe da Polícia Militar voltou ao local e conseguiu localizar o acusado José Roberto, conhecido pelo apelido “Dida”, dentro de sua casa. O mesmo recebeu voz de prisão e conduzido à delegacia, juntamente com seu irmão sob acusação de tentativa de homicídio.

A roçadeira foi localizada e levada para a delegacia. Os agentes estão a procura do facão usado na tentativa de homicídio.

Taellon passou foi preparado para ser transferido no período da tarde para a Capital, onde passará por cirurgias mais delicadas. O caso foi passado para a delegacia de Brasiléia.

Paulo Cruz, acusado de iniciar a confusão foi ferido na cabeça e foi levado ao hospital para ser medicado e depois conduzido para a delegacia junto com o irmão.

Comentários