Cameli está na China ao lado do presidente Jair Bolsonaro, ministra Tereza Cristina e deputado Feliciano

Ao lado da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,Tereza Cristina, na cidade de Pequim, na China, o governador Gladson Cameli (Progressistas), que se encontra em agenda internacional, com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou nesta quinta-feira (24), a assinatura do termo de cooperação estratégica para instalação de um complexo industrial no estado que deve possibilitar a abertura de mais de 20 mil empregos diretos.

“O Acre está na rota do desenvolvimento e contamos com o apoio do Governo Federal para assinatura do termo de cooperação estratégica. A agenda hoje foi uma visita depois de várias reuniões com empresários, depois uma reunião com Paulo Skaf do Fiesp, com a presença de vários empresários na área de infraestrutura, saúde e educação que visa investir no estado”, declarou.

Cameli que é o único governador do país presente na comitiva do governo federal, destacou que nesta sexta-feira (25), será um dia de fechar vários acordos comerciais de interesse do Estado do Acre. “Amanhã vai ser o grande dia que é o assinando o acordo de de interesses entre o presidente Bolsonaro e o presidente daqui da China com os governadores da província de Chandon”, explicou.

O chefe do executivo estadual destacou que desde que Bolsonaro assumiu o mandato vem ajudando o Acre. “Tenha certeza, palavras minhas e o que eu tenho observado desde quando o presidente assumiu, ele tá cumprindo 100% do que prometeu para nós, onde a bancada federal tem um papel fundamental sobre tudo que tem acontecido e o Acre será a porta de tudo que quisermos exportar e importar pelo pacífico. “Estamos estrategicamente posicionado numa área onde o mundo tem interesse e os Chineses estão de olhos bem abertos para o Brasil”, concluiu.

Comentários