Com assessoria da Sesp

Dando sequência ao planejamento das ações integradas de acompanhamento ao período eleitoral, a Secretaria Nacional de Segurança (Senasp), em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), instituiu um Comitê Integrado de Segurança Pública para proceder ao acompanhamento, em tempo real, das ocorrências relacionadas às eleições 2014.

O comitê é composto por representantes da Sesp, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Municipal, Instituto de Perícias, polícias Civil e Militar, Polícia Federal e Rodoviária Federal e o Sistema Prisional.

“Caberá às instituições participantes orientar expressamente seus profissionais para que informem imediatamente ao seu representante no Comitê Integrado de Segurança Pública, quando registrarem qualquer ocorrência”, explicou o secretário Reni Graebner.

Graenber ressalta que o comitê será comunicado quando for registrada qualquer ocorrência como rebeliões em estabelecimentos prisionais, delitos que envolvam explosivos, atentados aos meios de transportes públicos, prisão de eleitores, homicídios contra candidatos (tentados ou consumados), atentados contra autoridades e estabelecimentos eleitorais ou urnas, manifestação social ou passeatas e crimes eleitorais (compra de votos, propaganda eleitoral e boca de urna).

Comentários