fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Com falta de médicos em hospitais, Estado vira alvo de ações para suprir escalas de profissionais

Publicado

em

Pronto Socorro e outros hospitais no Acre estão com déficit de profissionais que chegam a trabalhar 36 horas em plantões – Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Por Alcinete Gadelha

Com problema nas escalas e falta de médicos em hospitais do Acre, o Estado virou alvo de uma ação movida pelo Conselho Regional de Medicina (CRM-AC) ajuizada ainda em 2019, que pede a regularização das escalas no Pronto-Socorro e recebeu um parecer favorável do Ministério Público Federal (MPF).

Além disso, o Sindicato dos Médicos (Sindmed-AC) anunciou que vai entrar na justiça para obrigar o estado a fazer concurso público.

Nesta semana, o MPF emitiu parecer favorável de forma parcial à ação civil pública ajuizada pelo CRM, que fez o pedido em forma de liminar, mas o pedido foi negado pela Justiça Federal. Agora, o órgão pediu à Justiça para que o Estado seja obrigado a suprir a escala de plantão dos médicos no PS, no prazo de um ano.

Já o Sindmed, temendo um colapso nos hospitais do estado, devido à falta de profissionais, informou que deve ajuizar um processo contra o governo para cobrar a contratação de profissionais por meio de concurso público efetivo.

A reportagem entrou em contato com o governo, mas, não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Hospital do Juruá também está com falta de médicos, segundo o Sindmed – Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Pedido do CRM

Quando a ação foi ajuizada em 2019 o CRM informou que inúmeras queixas foram feitas por médicos, profissionais de saúde e usuários do SUS com relação ao número insuficiente de médicos na unidade, principalmente nas escalas médicas com número de profissionais insuficientes para o porte da unidade e em algumas ocasiões com a ausência total de profissionais de determinadas áreas.

Com problemas no setor de ortopedia, cardiologia, urologia, cirurgia torácica, além dos setores de emergência clínica, observação adulto, triagem e cirurgia geral, segundo o relatório do CRM, o MPF entendeu que por se tratar de um hospital de urgência e emergência, o atendimento fica comprometido.

Com o quadro apresentado na ação, o MPF pediu à Justiça Federal que seja aceite de forma parcial o pedido do CRM, que tinha pedido urgência, para que o Estado seja condenado a sanar o deficit na escala de médicos do PS.

Ação do Sindmed

O Sindmed por sua vez afirma que problema se estende a várias outras unidades de saúde no estado e informou que há pedidos constantes por novas contratações, mas o governo sempre alega que os gastos estariam acima do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Ainda conforme o sindicato, há falta de médicos no Maternidade Bárbara Heliodora (MBH), em Rio Branco, no Hospital Geral de Feijó, Hospital de Xapuri, Hospital Regional do Juruá, e Maternidade de Cruzeiro do Sul, entre outras unidades de saúde.

Com essa falta, os profissionais acabam cobrindo os buracos com plantões extra, aumentando a hora trabalhada que chegam a realizar 36 horas seguidas. Caso os trabalhadores deixem de fazer os extras, o atendimento seria interrompido, e a população ficaria sem o serviço.

Sem a realização de concurso, o sindicato afirma ainda que muitos profissionais deixam o estado, em busca de grandes centros e de melhores condições de trabalho e salários.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Segundo amigos, Gracyanne Barbosa e Belo voltam a morar na mesma casa: ‘Voltaram?’

Publicado

em

Por

Segundo fontes do Portal LeoDias, parece que o fim do casamento entre Gracyanne Barbosa e Belo não foi o suficiente para afastar os dois e o clima de paz pós-divórcio já teria aproximado o ex-casal novamente.

Amigos dos ex-casal alegam que os dois voltaram a dividir o mesmo teto, mesmo estando divorciados. No entanto, o que chama atenção é que essas fontes relataram que os dois, inclusive, teriam voltado a ter relações mais íntimas agora que estão vivendo juntos novamente, mesmo sem ter reatado o casamento.

Em abril, os dois anunciaram que o relacionamento de cerca de 16 anos havia chegado ao fim, e, eles não deixaram de compartilhar a mesma casa, o que acabou fazendo com que os dois se reaproximassem. Segundo o portal, os dois estão bem resolvidos e conversando bastante, o que fez com que a paz se instalasse novamente na família.

Fonte: TOP FAMOSOS

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Taxista baleado durante corrida na BR-317 é socorrido às pressas ao PS de Rio Branco

Publicado

em

Criminoso fugiu em direção ao Peru após disparo à queima-roupa e operação de resgate envolveu helicóptero e múltiplas equipes de emergência.

O taxista Leandro Rudas Campos, de 50 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio na tarde desta terça-feira (18) na BR-317, no município de Assis Brasil, interior do Acre. Leandro, que estava trabalhando normalmente, pegou um passageiro para uma corrida até a cidade vizinha de Iñapari, no Peru.

De acordo com informações da polícia, a viagem transcorreu sem incidentes até que, inesperadamente, o cliente sacou uma arma e disparou à queima-roupa contra o abdômen de Leandro. Após o disparo, o criminoso fugiu do veículo e correu em direção ao Peru.

Ferido, Leandro conseguiu dirigir de volta a Assis Brasil, chegando à sua residência, onde pediu ajuda à esposa. Ela o conduziu até a Unidade Mista de Saúde local, onde sua condição foi estabilizada. Devido à gravidade do ferimento, foi necessário o apoio do helicóptero do Governo do Acre, que partiu de Rio Branco com uma equipe de suporte avançado.

No entanto, condições climáticas adversas forçaram o helicóptero a pousar em Xapuri. A equipe do Samu de Capixaba foi acionada e transportou Leandro de ambulância até o pronto-socorro de Rio Branco. Ele deu entrada no hospital em estado estável e será submetido a uma cirurgia para avaliar os danos internos causados pelo projétil.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Assis Brasil, que busca entender a motivação do crime e capturar o responsável pelo ataque.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Diretoria do Humaitá dispensa últimos reforços contratados

Publicado

em

Foto Jhon Silva: O meia Lúcio Flávio (8) foi um dos dispensados do Humaitá

Durou somente cinco dias as passagens goleiro Xandão, o zagueiro Adalto, os volantes Jeferson e Cleidson e o meia Lúcio Flávio pelo Humaitá. Os jogadores foram contratados na última semana e depois de atuações de péssimo nível contra Princesa do Solimões e Manauara, ambos do Amazonas, foram dispensados pela diretoria do Tourão por deficiência técnica.

Pediu para sair

O lateral Paulo Jeferson pediu para deixar o Humaitá e não joga mais pela equipe no Brasileiro. O atleta alegou problemas particulares e deixou o Tourão.

Base deve ganhar

Os atletas do Sub-20 devem ganhar mais espaço com o técnico interino Elison Silva para os últimos jogos no Campeonato Brasileiro da Série D. O lateral Matheus, o volante Lima e os atacantes Coitinho e Ruan podem ganhar vagas entre os titulares no confronto contra o São Raimundo. A partida será disputada no sábado, 22, às 16 horas (hora Acre), no estádio Canarinho, em Boa Vista, Roraima.

Deve definir 

Elison Silva comanda um treinamento na tarde desta quarta, 19, no campo do Airton, e deve definir os titulares para o jogo contra o São Raimundo.

Comentários

Continue lendo