Contratação é pelo período de 180 dias e pode ser prorrogado. Edital com prazos e regras deve ser publicado na próxima semana.

Com 236 casos de Covid-19, cidade no AC autoriza contratação emergencial de profissionais da saúde — Foto: Divulgação/Prefeitura
Por Iryá Rodrigues

Para aumentar o efetivo da linha de frente de combate ao novo coronavírus, a prefeitura de Brasileia, no interior do Acre, publicou uma lei que autoriza a contratação emergencial, em caráter temporário, de profissionais da saúde. A lei foi publicada na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Ao todo são 37 vagas para contratação imediata e outras 27 para cadastro de reserva. Entre os cargos estão: médico generalista, enfermeiro generalista, psicólogo, técnico em enfermagem, fiscal sanitário, auxiliar administrativo, auxiliar de serviços gerais.

A prefeitura informou que o edital com os critérios de seleção e contratação, além de datas de inscrição e informações sobre salários ainda deve ser publicado na próxima semana.

Conforme a lei, a contratação vai ocorrer de forma simplificada por meio de análise curricular. Os profissionais vão ser contratados por um período de 180 dias, que pode ser prorrogado por mais 180 dias, a depender da evolução da pandemia na cidade.

Coronavírus em Brasileia

Com 26,3 mil habitantes, o município de Brasileia tem 236 casos de Covid-19 confirmados, segundo último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), divulgado nessa quarta-feira (17). Outros 368 casos foram descartados e cinco seguem em análise.

No ranking da incidência média da doença, o município de Brasiléia aparece em 11º lugar no Acre, com taxa de 90 para cada 10 mil habitantes.

Os municípios de Cruzeiro do Sul e Assis Brasil apresentam as maiores incidências do estado com 197,45 e 146,96 para cada 10 mil habitantes, respectivamente.

Do total de 281 mortes causadas pela Covid-19 no estado, seis foram registradas em Brasileia.

O maior número de óbitos está na capital Rio Branco, com 203 casos.

Comentários