O mundo precisa de bondade

Vencemos a ultima semana de 2017…

…o Brasil ainda em festa e o ano novo começa. Centenas de pessoas, crer, celebrando novos tempos, com possibilidades de vivencias especiais para 2018.  Lindo sentir a energia das famílias e amigos reunidos, recebendo o ano que se inicia, esperançosos.

Mesmo que esmagado, sofrido e espremido…

…no comercio da região do alto Acre, não era difícil constatar inúmeras carinhas, pesquisando preços e orçando ao que tinha disponível no bolso. Muitos faziam das “tripas coração”, completando o que faltava para festejar. Infelizmente temos que admitir a inexistência de comercio acessível ao acreano. O dinheiro que deveria ser investido aqui, foi gasto no País vizinho, vergonha para nossos representantes.

Esperança renovada…

…gratidão e pedidos a Deus para a reconstrução dos sonhos. O cenário ficou lindo por alguns instantes. O céu encantador, brilhos, sons, fogos de artifícios, abraços e gargalhadas revelaram o desejo por dias melhores. Que venham novos amores, historias fascinantes e vitorias.

Quanto ao cenário politico…

precisamos compreender tudo o que sofremos em 2017, e alavancar. Tomar as rédeas de nossos destinos e superar o caos em que fomos largados. Precisamos mudar a consciência de poder. Renovar a bancada politica e revitalizar valores. Isso é possível, porque temos a coragem e a força da fé.

O momento atual e conturbado…

…fomos sabotados, negligenciados em 2017. Ano marcado por tragédias, violência, fome, doença e corrupção.  Nosso País saqueado, crise politica, financeira, moral e ética. Tivemos uma Presidenta destituída, acusada de pedalada fiscal.

Temos o Presidente…

…denunciado por corrupção e formação de quadrilha, que se mantem no poder. Blindado por grupos, também denunciados. Sofremos deboches, aturamos cinismos e engolimos desaforos de bandidos canalhas que, nos sufoca, sem limites.

Um presidente, de grego nos foi ofertado.

Flagrado comprando silencio de bandido. Acusado por compra de apoio, com o erário publico. Que massacra seu povo e se autoproclama, salvador da pátria. Que saqueia o País, aumenta tributos, elimina direitos e exige deveres. Temos o governo de ricos para os ricos. Precisamos frear os desmandos, do malfeitor.

Sofremos porque nossos direitos foram violados…

Trabalho escravo recebeu nova definição. As reformas trabalhistas e previdenciárias ferem o direito do operário. Tivemos privatizações. Incentivo a demissão voluntaria. Vimos à operação lava jato perder força. Decreto, favorecendo quadrilheiros, condenados por roubar a nação. Perdão das dividas de empresários. E de contra peso, bandidos blindados.

Passamos a habitar…

…no intermediário, por todo o ano que se foi. . As incertezas e escândalos em nosso País se tornou vitrine internacional. A desigualdade sobressaiu. Salários atrasaram e o desemprego aumentou. De fartura tivemos á fome, miséria, violência e doenças. Tudo isso compondo o cenário da corrupção Brasileira.

Mesmo que o Presidente continue sabotando…

…a crença e a renovação de esperança fazem parte da nossa historia e ninguém vai desanimar. Este ano, nasce consciente!  A força da união vai nos libertar da escravidão. Se a ambição politica neoliberal agenciar o retrocesso, que saibamos controlar.

Que reajamos, nesse momento.

Que a nação reconheça sua força e se levante. Que os valentes guerreiros revolucionem com responsabilidade. Que a revolução se erga nos anistiando da sujeição do governo de extrema direita. Que a bondade renasça em nossos corações. E que o ano de 2018 seja infinitamente abençoado por Deus!

Comentários