Acre.

A terra do feminicídio…

…abre as portas para Bruno Fernandes, condenado por liderar o crime brutal contra Eliza Samudio. Ignorando os protestos dos movimentos organizados, a indignação das ativistas e a perca de patrocínios, o presidente do Estrelão, anunciou a contratação do goleiro como a maior aquisição de reforço para jogar no Clube do Rio Branco.

Bruno protagonizou o bárbaro crime…

…triplamente qualificado contra a mãe de seu filho, além de sequestrar e encarcerar o pequeno Bruninho. O assassinato teve repercussão mundial e em 2010, o goleiro foi condenado a vinte anos e nove meses de prisão.

E como violência não tem desculpa…

…o movimento de repúdio ao goleiro para atuar no esporte acreano se agigantou, tomou conta das redes sociais, conquistou apoiadores homens, mulheres além de torcedores.

Reflexão e inconformismo.

Com esse imbróglio, se percebe o despertar da consciência moral, ética, política, econômica e psicológica na população contrária a misoginia. Vimos mulheres valentes não aceitando a hipocrisia social transitória. Vemos a rejeição ao atleta validando as campanhas antiviolência doméstica.

Bruno Fernandes…

…para as ativistas, representa a sombra de crimes bárbaros. Fato que não lhe tira o direito de recomeçar a vida, porém não idolatrado. Atletas são figuras queridas, a conduta dos esportistas influencia na educação de jovens e como o histórico do jogador não se ajusta a ídolo, não pode ser referenciado.

Idolatrar…

…agressores transforma valores éticos em crimes, legitimando a violência.  Bruno cometeu um erro irreparável ao decidir orquestrar o assassinato da mãe de seu filho e a sua contratação macula a imagem do ídolo esportista.

Nesse contexto…

…mesmo que incompreendidas as mulheres se mostram valentes e reagem com protestas organizados. A busca por saídas de enfrentamento a agressores é difícil porque na prática a educação ainda é construída sob ótica masculina.

Sororidade.

A misoginia se apoia na ideia da superioridade masculina. As mulheres violentadas, agredidas ou assassinadas ainda são culpadas por serem vítimas das violências sofridas. A união feminina é necessária para fortalecer a corajosa luta por reconhecimento da igualdade de gênero.

A rejeição por Bruno Fernandes…

…representa a batalha de ativistas contra o universo misógino.  A contratação do jogador como ídolo para compor o elenco do Estrelão acreano, estado com maior índice de feminicídio no Brasil, é considerado afronta às mulheres vítimas de violência por condição de gênero.

Acre tem a maior taxa de feminicídio do Brasil.

Os casos de crimes contra mulheres têm sido crescentes no Acre.

Crime doloso de mulheres é de sete para cada cem mil casos.

O feminicídio compreende 2,5 para cada 100 mil mulheres.

Em 2019, nos registros de homicídio doloso contra mulheres constam 31 casos.

Sendo 11 feminicídio, crimes de ódio motivados pela condição de gênero.

g1.globo.com

Comentários