Há controversas!

Violência contra a mulher.

Agosto lilás, mês marcado por intensas campanhas em defesa da mulher vítima de violência. Para combater o drama das mulheres que sofrem violência   doméstica a Lei Maria da Penha apresenta alterações positivas.

Denuncie, peça ajuda.

Toda relação abusiva é agressiva e não somente as agressões físicas. Além do estupro, a ameaça, intimidação, difamação são formas de violência que aprisionam a vítima no universo psicológico de infinita crueldade.

A punição aos agressores…

…de mulheres portadoras de deficiência ou que tenha seu agravamento a partir dos abusos sofridos, será mais rigorosa. Os boletins de ocorrências agora deverão obrigatoriamente constar a condição da vítima.

A violência…

…está cada vez mais presente no cotidiano brasileiro. Em decorrência do serviço de saúde caótico no Acre, a população tomada pelo desespero não economiza adjetivos descarregando o ódio em quem está na linha de frente.

A carga horária…

…do profissional de saúde é exaustiva por carência de recursos humanos. Com isso o desgaste físico e mental é inevitável. O trabalho é tenso, falta medicamentos, equipamentos que atendem as ocorrências e a remoção de pacientes para centros melhores equipados nem sempre é fácil.

Municípios e suas demandas

Quando se trata de atendimento ambulatorial no hospital, a coisa pega negativamente. Mas é fácil entender, os municípios precisam oferecer atendimento adequado a sua demanda para desafogar o hospital

O paciente que vai ao hospital…

…apenas para consulta de rotina, se atendido no posto, otimizaria os serviços de urgência e emergência na unidade hospitalar.

Profissionais adoecidos.

Profissional de saúde também é gente! Ele cansa, estressa, sofre, adoece e morre. Antes de ser profissional é ser humano, exatamente por isso tem necessidade de apoio e os serviços devem acontecer em parcerias.

Quando o sistema de saúde…

…não funciona adequadamente no município, a população que necessita do serviço básico, sofre horrores. O número de fichas distribuídas nos postos de saúde não é suficiente e a demanda reprimida é crescente.

Protesto

Em Brasiléia, os servidores da saúde foram as ruas reivindicando melhorias de salários e condições de trabalho.

Caos

Em Rio Branco não foi deferente, a precariedade na saúde motivou a paralisarem dos serviços no Hospital de Saúde Mental do Acre, como pedindo socorro.

Trabalho aos domingos.

O texto básico da medida provisória da liberdade econômica foi votado na Câmara dos Deputados. A medida prevê reduzir a burocracia para facilitar as atividades econômicas no Brasil, os artigos maliciosos têm gerado polêmicas.

Penalizando o trabalhador…

…e favorecendo ao empregador. A medida provisória tem 19 artigos e mexe nas regras trabalhistas. Dentre os temas, o mais polêmico foi a legalização do trabalho aos domingos e feriados, deixando o trabalhador refém de seu patrão.

Uma vez por mês.

Trabalhar aos domingos e feriados mesmo recebendo dobrado, é desumano. A proposta da medida provisória, “MP da Liberdade Econômica”, reduz a folga do trabalhador para uma vez mensal.

Escravidão.

No Brasil, quem realmente sustenta a nação trabalha muito em condições adversas, ganha pouco, mora mal e passa fome. A renda é mínima, sem direito a saúde, educação de qualidade nem lazer. Com o afrouxamento da lei teremos oficializado a grande senzala.

MP da Liberdade Econômica


Trabalho aos domingos será flexibilizado

Atividades de baixo risco não precisarão de alvará

Texto cria ‘abuso regulatório’ e prevê indenização por prejuízos

MP esclarece regras sobre responsabilização de sócios por dívidas da empresa

Trecho do Código Civil sobre negócios jurídicos será alterado

MP permite digitalizar documentos e destruir originais

Carteira de trabalho e registros públicos poderão ser digitalizados

Regras para registro de ponto dos trabalhadores serão alteradas

e Social será substituído por sistema mais simples

Fundo Soberano do país será extinto

Fundos de investimento terão marco regulatório

g1.globo.com/ economia

 

Comentários