Símbolo do Conselho Nacional de Justiça – Luiz Silveira/Agência CNJ

O corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, determina a abertura de uma reclamação disciplinar contra o desembargador que humilhou um guarda municipal de Santos, no litoral paulista, no último fim de semana.

As informações são do repórter Leandro Aislan, da BandNews FM. Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira se recusou a usar máscara em uma área pública e, ao ser autuado, rasgou a multa que recebeu.

Na hora da abordagem, o magistrado chegou a chamar o guarda de “analfabeto” e a falar em francês. O desembargador ainda ameaçou o fiscal de usar a influência que tem para que ele fosse punido pela autuação.

Na reclamação disciplinar, o ministro Humberto Martins citou cinco condutas que serão apuradas. Agora, o desembargador terá 15 dias para apresentar uma defesa ao Conselho Nacional de Justiça.

Comentários