As exonerações foram publicadas na edição do Diário Oficial do Estado (DOE)

Entre os exonerados, estão Joelson Souza Dias, diretor do gabinete do vice-governador, e Rogério de Oliveira da Silva, presidente do Instituto Sócioeducativo do Acre (ISE).
SAIMO MARTINS

Na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (16), o governador Gladson Cameli (sem partido) resolveu exonerar algumas das indicações do vice-governador Wherles Rocha (PSL).

Ao todo, foram sete nomes importantes que foram desligados dos órgãos governamentais. As constantes críticas, talvez, feitas por Rocha ao governo, nos últimos dias em suas redes sociais, tenham motivado as exonerações.

Entre os exonerados, estão Joelson Souza Dias, diretor do gabinete do vice-governador, e Rogério de Oliveira da Silva, presidente do Instituto Sócioeducativo do Acre (ISE).

Quem também deixou o cargo foi Isaias Brito, diretor executivo operacional do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre; e o militar do Corpo de Bombeiros, Abrão Carlos Mota Púpio, que era chefe de Departamento do gabinete de Rocha.

Carlos Bacelar Cunha Rodrigues, diretor do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Estado do Acre, também deixou o cargo; José Tanaca da Silva, diretor de Operações do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), foi outro exonerado.

Por último, Silvio de Souza Carlos, comissionado na Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (SEPA).

Comentários