Os fatos ocorreram no dia 16 de junho de 2019, no Ramal Abib Cury, zona rural de Bujari

COM TON LINDOSO

O Juízo da Vara Criminal de Bujari condenou um grupo por latrocínio e associação criminosa.

De acordo com informações locais, a maior pena foi estipulada em 47 anos, um mês, 15 dias de reclusão e 380 dias-multa, para o homem que possuía dois processos transitados em julgado.

A segunda maior pena também foi para outro réu que possuía uma condenação criminal, por isso a pena foi dosada em 44 anos, oito meses e 308 dias-multa. Os demais não tinham maus antecedentes criminais, assim dois tiveram a pena estipulada em 42 anos, dois meses e 15 dias de reclusão, mais 235 dias-multa, para cada um, pois foi computada a atenuante de pena, porque possuem menos de 21 anos de idade.

O último foi condenado a em 39 anos e nove meses de reclusão e 161 dias-multa. A sentença foi publicada na edição n° 6.625 do Diário da Justiça Eletrônico (pág. 102-112).

Cinco jovens invadiram uma chácara e arrombaram a casa para subtrair dinheiro e um rifle que havia no local. No entanto, a empreitada não saiu como planejado e os réus mataram uma senhora com mais de 73 anos de idade.

Relembre o caso do ramal Abib Cury em 2019

Cinco são presos acusados de assaltar e matar idosa de 73 anos

Caso ocorreu no dia 16 de junho de 2019; polícia agora tenta prender o sexto envolvido no crime que está foragido

Há pouco mais de dois meses, no dia 16 de junho de 2019, Laurinete Ribeiro da Costa, de 73 anos, morreu com um tiro de espingarda disparado acidentalmente pelo seu marido após seis bandidos invadirem sua casa na zona rural do Bujari. Cinco deles já estão presos.

De acordo com o delegado Fabrizzio Sobreira, responsável pela Delegacia do Bujari o grupo invadiu a casa para roubar armas e dinheiro. “Foi um crime planejado, no qual cinco indivíduos identificaram que na casa tinha arma de fogo e dinheiro e eram pessoas idosas que moravam lá. Com as informações, chamaram uma sexta pessoa, que foi o motorista do carro, e foram até a residência da vítima, no ramal Abib Cury, no km 8, por voltas das 8h da noite e invadiram a casa e fizeram refém a senhora, o filho e o esposo. O marido na tentativa de defender a esposa, efetuou um disparo e infelizmente acabou atingindo a mulher. Após o disparo os assaltantes fugiram”, disse.

Os seis assaltantes já foram identificados pela polícia e cinco deles foram apresentados.

O sexto bandido está foragido mas já foi identificado, é Witalo Jhonanthan Farias Carneiro, conhecido como “Catitú”, de 20 anos, e segundo o delegado é questão de tempo até ele ser preso, mesmo estando em outro estado.

Os outros cinco assaltantes são Tanildo Araújo da Silva da Cunha, de 32 anos, que foi o motorista do grupo, Frank D’anderson Alencar, de 28 anos, Tiago Ferreira da Silva, conhecido como “Porco”, de 19 anos, Kennedy Ribamar da Silva, de 21 anos e Daniel Lúcio Alves, conhecido como “Cowboy”, que foi preso na quinta (22).

Comentários