Sérgio Quintanilha*

Senhor Governador,

Tenho certeza que Vossa Excelência está voltado, assim como a grande maioria de seus auxiliares e subalternos, para os problemas de saúde de nossa população acreana atingida, também pela pandemia do coronavirus.

Todavia, senhor governador, é indispensável que medidas sejam tomadas para que determinados elementos do quotidiano sejam cuidados e zelados com a mesma responsabilidade e preocupação que os respiradores de oxigênio, que os leitos de UTI, que os equipamentos de proteção individual utilizados pelos abnegados e sofredores funcionários da rede hospitalar e congêneres.

As orientações técnicas equilibradas, (pois existem os idiotas com sonhos mirabolantes sem estribo na ciência, com tratamentos estapafúrdios), não podem em sua totalidade serem seguidas pela população quando falta ÁGUA, dita potável, na torneira.

Por motivos que não sei, sem estou interessado em saber pois o problema é administrativo, o serviço de abastecimento de água nos municípios de BRASILÉIA/EPITACIIOLÂNDIA está muito a desejar e aí como a população pode atender à lavagem constante das mãos com ÁGUA  e sabão se lhe falta agua?

O problema é mais sério quando testemunhamos que na administração passada, administração do PT, que tanto combatemos, não havia a irregularidade e  ausência do precioso líquido como atualmente. Reclamações feitas aparecem as desculpas de falta de material, de falta de pagamento em dia dos funcionários e tercerizados,de falta de substâncias químicas para tratamento da água captada, enfim, uma série de problemas que antes não existia e hoje é uma constante. Parece-nos que o problema é basicamente administrativo e como tal recai sob os largos ombros do senhor governador que, respeitosamente, esperamos que determine as providências sem muito blá, blá, blá.

Em 23/05/2020

*Sérgio Quintanilha é advogado

Comentários