Volksvagem foi detido durante uma blitz na divisa entre o Acre e Bolívia.

Uma blitz de rotina realizada por policiais civis na ponte de acesso ao lado boliviano, na cidade de Epitaciolândia na noite desta segunda-feira, dia 22, foi descoberto que um veículo circulava quase como um fantasma na fronteira do Acre.

Quando os policiais civis pararam um carro modelo VW/Gol com placa boliviana, resolveram buscar no sistema nacional como de rotina, se o mesmo teria algum registro de sinistro.

Foi quando descobriram que o VW era do Estado de Goiás e teria sido roubado no ano de 1987. O carro praticamente foi roubado de dentro da concessionária como novo e o atual dono, que não teve seu nome divulgado, teria comprado na cidade de Cobija, lado boliviano, e o já tinha por muitos anos.

O boliviano foi conduzido para a delegacia de Epitaciolândia, onde ficou detido até ser ouvido pelo delegado titular, Luís Tonini. Em sua defesa, teria dito que comprou o mesmo após ter sido oferecido por um preço baixo e acreditava que havia feito um bom negócio.

Após assinar um termo onde responderá por receptação dolosa, o homem foi liberado devendo se apresentar futuramente. O veículo ficou detido e as autoridades irão tentar localizar o antigo proprietário para lhe devolver o veículo roubado 30 anos atrás.

Comentários