Na sessão on-line desta quarta-feira (12), o deputado Cadmiel Bonfim (PSDB) apresentou um anteprojeto de lei complementar propondo uma alteração no Estatuto dos Militares do Acre. A mudança principal é na idade máxima de nomeação de oficiais para cargos, através de concurso na Polícia Militar, cuja exigência atual é de que o candidato tenha no máximo 30 anos.  Segundo o parlamentar, o presente projeto visa corrigir um erro grotesco no Estatuto da PM.

“Peço aos nobres parlamentares que corrijam o equívoco legislativo para assim fazer justiça aos policiais que já se encontram no serviço ativo e desejam ascender a carreira por meio de concurso público ao oficialato. Antigamente, o militar ao ingressar na PM poderia fazer concurso para oficial em qualquer período, mesmo tendo mais de 35 anos. Agora, a regra é que o concurso seja feito até no máximo 30 anos, subtraindo o direito daqueles que já estão na PM de subir ao oficialato. Essa falha precisa ser corrigida”, disse.

Mircléia Magalhães

Agência Aleac

Comentários