Conecte-se conosco





Acre

Brasileiros retirados de terras na Bolívia estão abandonados no Acre

Publicado

em

Os trabalhadores rurais brasileiros que foram expulsos de terras na fronteira da Bolívia por um decreto do presidente Evo Morales, estão abandonados em assentamentos no interior do Acre. A denúncia é do deputado estadual Antônio Pedro (DEM). Ele informa que visitou as famílias no assentamento na fazenda Nova Promissão, em Capixaba, e constatou a “situação degradante”.

Localizada a 100 quilômetros da capital acreana, Rio Branco, e a 27 quilômetros do município de Capixaba, a Fazenda Nova Promissão fica em uma área de fácil acesso, na margem direita da Estrada do Pacífico, rodovia que liga o noroeste brasileiro ao Peru. A desapropriação do imóvel custou o equivalente a R$ 12,2 milhões, sendo R$ 837,5 mil correspondentes às benfeitorias.

“Os trabalhadores rurais estão abandonadas sem ter renda para sustentar suas famílias. Eles afirmam que foram colocados no local e praticamente abandonados, sem assessoria técnica, maquinário e recursos para iniciar a atividade produtiva. Além de perderem as terras que beneficiaram na Bolívia, agora sofrem com a falta de atenção das autoridades locais”, diz o deputado.

Antônio Pedro relata o caso de um trabalhador que “estava numa casa coberta de lona há mais de um ano. Nos reunimos e fizemos uma casa para ele sair daquela situação. Ele estava doente, sem condições de trabalhar e sua família passava dificuldades. Apesar do esforço dos amigos e de nossa equipe, ele não resistiu e morreu sem receber assistência do Estado Brasileiro”, finaliza o deputado.


Com informações do ac24horas.com

Comentários

Em alta