São Paulo segue como o estado com o maior número de casos e de mortes, sendo 2.981 casos confirmados e 164 óbitos.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo – Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Guilherme Venaglia Da CNN, em São Paulo

Números divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta quarta-feira (1º) registram novo aumento no número de casos de mortes decorrentes do novo coronavírus no Brasil.

Segundo a pasta, há 240 mortes e 6.836 casos confirmados de COVID-19 no país.

A quantidade de casos confirmados neste novo boletim é levemente menor (1119 contra 1138) do que a registrada no reportado nesta terça, mas o ritmo apresentado de novos contágios confirmados é de cinco a seis vezes maior do que o registrado nos mesmos dias da semana (232 e 310, respectivamente).

Os números foram divulgados em plataforma online, disponibilizada para a atualização diária do panorama da epidemia no Brasil. São Paulo segue como o estado com o maior número de casos e de mortes, sendo 2.981 casos confirmados e 164 óbitos.

Na sequência, aparecem o Rio de Janeiro, com 832 casos e 28 mortes e o Ceará, com 444 casos confirmados e oito mortes. O Distrito Federal tem 355 casos; Minas Gerais, 314 casos; e o Rio Grande do Sul confirmou 306 casos.

Do total, 62% dos casos (4.223) estão na região Sudeste, seguida do Nordeste (15%), do Sul (11%), do Centro-Oeste (7%) e do Norte (5%). Todos os estados do Brasil tem casos registrados de COVID-19, com 20 das 27 unidades federativas reportando óbitos relacionados à doença.

Mais informações em instantes

Comentários