“Eu estou pedindo que ele venha aqui, para ver a situação de perto”, declarou Gladson Cameli

Na tarde desta quinta-feira (13) o governador Gladson Cameli (Progressistas) disse que a partir da próxima semana estará reunido com o governo federal para ver uma data possível para a vinda do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao estado.

Segundo Cameli, a agenda é necessária para que Bolsonaro acompanhe de perto as fragilidades das fronteiras do Acre com os países Peru e Bolívia.

“Temos mais de mil quilômetros de fronteira, e apenas a força policial não dá conta. Tem que ter um reforço do governo federal. Eu estou pedindo que ele venha aqui, para ver a situação de perto”, declarou.

Cameli relatou que Bolsonaro é um grande parceiro do Acre e vem fazendo um trabalho intenso voltado ao estado. “Ele não tem medido esforços para nos ajudar”, encerrou.

Comentários