Cameli pediu apoio federal preocupado que se aconteçam muitas queimadas durante o período de seca

Gladson Cameli, pediu apoio federal preocupado que se aconteçam muitas queimadas durante o período de seca, o número de doenças respiratórias cresça e, somado à pandemia de coronavírus
assessoria

O presidente Jair Bolsonaro autorizou o emprego das Forças Armadas no Acre para ajudar no combate às queimadas, de acordo com decreto publicado no DOU (Diário Oficial da União) desta quinta-feira.

No dia 7 de maio, o governo publicou um decreto que autoriza o uso das Forças Armadas em áreas de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal. O texto garante que a autorização pode acontecer para outros locais mediante requerimento do governador do Estado, situação que aconteceu com o Acre.

As Forças Armadas passam a ter como objetivo nestes locais realizar ações preventivas e repressivas contra crimes ambientais, direcionada ao desmatamento ilegal e combater focos de incêndio.

O governador do Acre, Gladson Cameli, pediu apoio federal preocupado que se aconteçam muitas queimadas durante o período de seca, o número de doenças respiratórias cresça e, somado à pandemia de coronavírus, a situação agrave a situação do Estado.

Comentários