fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Banda da Polícia Militar do Acre anima público em concerto em homenagem aos 108 anos da instituição

Publicado

em

Em um momento de festa e comemoração, a Banda de Música da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), a Furiosa, realizou na noite desta quinta-feira, 23, o Concerto Universo Musical. O evento faz parte da programação de aniversário da instituição, que celebra seus 108 anos de existência no próximo sábado, 25 de maio.

Tendo como palco o Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Rio Branco, os músicos militares se apresentaram para um público animado, composto de familiares, autoridades civis e comunidade em geral, além de colegas de farda.

Na plateia, Elizabeth Dias aprovou a apresentação. “O concerto está maravilhoso. Já participei em anos anteriores, mas este foi o melhor de todos. Conheço todas músicas que foram tocadas e cantadas, mas a que mais me emocionou foi o hino da harpa cristã, pelo pastor Luiz Gonzaga, tocou a alma. Todos estão de parabéns pelo trabalho realizado este ano”, disse.

Dona Elizabeth se emocionou com a apresentação gospel. Foto: Neto Lucena.
Músicos se apresentaram para um público animado, composto de familiares, autoridades civis e comunidade em geral, além de colegas de farda. Foto: Neto Lucena/Secom

Ao som de clarinetes, saxofones, flautas e bateria, entre outros instrumentos, os músicos animaram a noite com um repertório diversificado. Entre os ritmos, ópera, jazz, música gospel, sertanejo, rock e muita afinação deram o tom da noite. A apresentação teve desde clássicos da música internacional, como I Don’t Want To Talk About It, de Rod Stewart, como composições brasileiras, com O Guarani, de Carlos Gomes, além do metal Tropa de Elite (Tihuana), que levantou a plateia e fechou o show, com a participação especial de uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Preparação

Regente da Banda de Música da PMAC há dois anos, o capitão Sandoval França destaca que a preparação dos músicos é diária, mas que, para um momento como esse, a dedicação é intensificada. “A Furiosa está ensaiando desde março, há uns três meses. A gente tira um tempinho dentro da rotina da banda, que é muito requisitada, para poder fazer os arranjos, que dão uma nova roupagem às músicas. É um desafio, é cansativo, mas é bastante gratificante, e o resultado foi positivo”, disse o maestro.

O regente da Banda de Música da PMAC, capitão Sandoval França, dividiu o palco com sua equipe de músicos e convidados militares e civis. Foto: Neto Lucena.
Militares mantiveram uma rotina intensa de ensaios durante os últimos três meses. Foto: Neto Lucena/Secom

Membro da banda há sete anos, o sargento Marcos Dourado destaca o orgulho em servir o Estado com o talento da musicalidade. “É sempre uma grande satisfação de, não somente fazer o que eu gosto, que é a música, mas também estar contribuindo com a nossa instituição, que é a Polícia Militar, especificamente nesse evento em que se comemora os 108 anos. Já é uma tradição o concerto, e esse ano teve um toque especial com as participações de colegas militares das forças de segurança coirmãs. Realmente, não tem preço participar desse momento”, afirma o cantor.

Participações especiais

Cantores civis também participaram do show e entoaram músicas em parceria com os militares. À também jornalista Paula Amanda Prado coube interpretar o pot-pourri especial da saudosa cantora Marília Mendonça. “Para mim é uma honra poder cantar nesse evento, primeiro porque a Polícia Militar do Acre é respeitada não somente no nosso estado, mas em todo o Brasil. Segundo, porque a banda de música da PMAC é única, não tem outra igual, e poder cantar as músicas da Marília Mendonça, bem como outras internacionais, sob a orientação do capital Sandoval, é um enorme privilégio”, declarou a artista.

Músicos militares da Aeronáutica, do 4º Batalhão de Infantaria e Selva (4º BIS) e das polícias militares de Mato Grosso (PMMT) e de Rondônia (PMRO) ladearam os acreanos na interpretação das canções. O tenente Fredson Ferraz, regente da Banda de Música da PMRO, mantém a parceria com a coirmã há dez anos. “É uma imensa satisfação estar no décimo ano participando, é uma oportunidade de aprendizado também. Me sinto honrado pelo convite, a gente fica muito feliz de poder contribuir com o pouco que a gente sabe. Foi um belo concerto, belos arranjos, bem elaborados, grandes músicos”, opinou.

O tenente Fredson Ferraz, regente da Banda de Música da PMRO, participa das comemorações de aniversário da coirmã há dez anos. Foto: Neto Lucena.
Dentre as participações especiais, militares de outros estados também se apresentaram durante o evento. Foto: Neto Lucena/Secom

Condecoração

Na oportunidade, a PMAC homenageou autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário acreano com a Medalha de Mérito Plácido de Castro e Fontenele de Castro, destinadas a pessoas que lutam em favor da sociedade e em reconhecimento aos seus esforços na colaboração para o progresso da instituição, no exercício de suas funções públicas.

Promotora de Justiça do Ministério Público do Acre (MPAC), Rita de Cássia Nogueira de Lima foi uma das agraciadas. “Estou exultante e honrada. Eu tenho uma admiração muito grande pelo trabalho da Polícia Militar, que nos protege. Além de ser símbolo de ordem, segurança e justiça, a gente viu hoje que é muito mais do que isso, também é cultura, é sensibilidade, é música, e música boa”.

A promotora do Ministério Público do Acre (MP/AC), Rita de Cássia, foi uma das agraciadas durante o evento. Foto: Neto Lucena.
Autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário foram homenageados pelo comando da PMAC. Foto: Neto Lucena/Secom

Também entre os homenageados, o desembargador Luiz Camolez, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) citou a trajetória de trabalho e inovação nesses 108 anos da instituição, agradecendo a homenagem. “Receber essa comenda da Polícia Militar muito me honra. Vou levar isso para o meu tribunal, em nome de todos os desembargadores, juízes e funcionários. Também deixo os parabéns pelo evento, que foi um show”, disse.

“Para comemorarmos esses 108 anos da Polícia Militar, preparamos uma programação toda especial para a tropa e também para a sociedade acreana. O concerto é uma de nossas maiores festas, na qual podemos interagir da melhor forma com o público para o qual trabalhamos diariamente nas ruas, com muita música”, finalizou o comandante-geral da PMAC, coronel Luciano Fonseca.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Em videoconferência vice-governadora Mailza Assis defende rotas de integração entre o Acre e o Peru

Publicado

em

Por

Em videoconferência realizada no final da tarde desta quinta-feira, 20, a vice-governadora Mailza Assis defendeu as rotas de integração entre o Acre e o Peru como ações estratégicas para o fortalecimento da economia regional. A reunião remota contou com a participação do governador da região de Ucayali, Manuel Gambini Rupay, o titular da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), Assurbanípal Mesquita, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, Luiz Gonzaga.

Reunião remota foi preparatória para o encontro de integração Acre – Ucayali que acontecerá no dia 12 de julho deste ano. Foto: Jairo Carioca/Seict

“A integração entre o Brasil e o Peru por meio do Acre vai gerar riquezas não somente para o nosso estado, mas para toda região” disse a vice-governadora.

No dia 12 de julho, acontece em Cruzeiro do Sul, o Encontro de Integração Acre – Ucayali, com o objetivo de dar continuidade às articulações que visam a realização de um voo regional entre as cidades peruana e brasileira, além da retomada do diálogo para construção de uma rodovia que ligaria o Acre ao Peru via Pucallpa. A vice-governadora Mailza Assis aproveitou para convidar Manoel Gambini para participar da agenda de governadores da Rota Quadrante Rondon programada para acontecer dias 9 e 10 de julho, em Rio Branco.

“Consideramos essas duas agendas estratégicas e fundamentais para o fortalecimento da nossa economia, do turismo e do desenvolvimento do estado como um todo”, acrescentou a vice-governadora.

O titular da Seict, Assurbanipal Mesquita, destacou o apoio do governador Gladson Cameli nas ações que visam o fortalecimento da Rota Quadrante Rondon e na retomada do diálogo entre as autoridades e o setor produtivo do Acre e Ucayali.

O presidente da Aleac, deputado Luiz Gonzaga colocou o parlamento a disposição das instituições reafirmando o compromisso do legislativo com pautas que visem o desenvolvimento do estado. “Estamos unidos, Executivo e Legislativo nas articulações com o Peru que visam melhorar a qualidade de vida das populações brasileiras e peruanas que vivem na fronteira”, disse Gonzaga.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Trio que tentou matar taxista durante assalto passa a ser réu

Publicado

em

Os presidiários Weverton Feliciano, Jeferson de Souza Vieira e Lorrana Nascimento Gadelha, passaram da condição de acusados para réus pela tentativa de latrocínio contra um taxista e também por tráfico de drogas.

A decisão é do Juiz da Comarca do Bujari Manoel Simões Pedroga, que aceitou a denúncia do Ministério Público do Acre,

O crime aconteceu na noite de 29 de abril deste ano.

Consta na denúncia, que a intenção do trio, era subtrair o carro da vítima.

Para conseguir o plano criminoso, Lorrana contratou uma corrida entre Rio Branco a Bujari.

Mas durante o trajeto, a vítima foi rendida e levada para o Ramal do Mutum, área rural do Bujari.

Como medo de ser assassinado, o taxista correu e foi atingido com tiro de raspão na região da cabeça.

Mesmo ferido o taxista, pediu ajuda e foi socorrido pelo SAMU.

Pouco tempo depois, os três acusados foram presos pela Polícia Militar.

Ainda na decisão, que recebeu a denúncia, a justiça manteve a prisão de Weverton, Jeferson e Lorrana Gadelha.

Matérias relacionadas:

Trio do Crime: Bandidos do Comando Vermelho são presos após ataque a taxista

Da custódia para cela: Trio que tentou matar taxista durante assalto tem prisão preventiva decretada

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco inicia Programa de Educação Fiscal nas escolas

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Rio Branco, por meio das Secretárias Municipais de Educação (Seme) e de Finanças (Sefin), abriu oficialmente, na manhã desta quinta-feira (20) o Programa de Educação Fiscal 2024. A ideia é levar aos alunos da rede pública a consciência e a importância do pagamento dos tributos necessários para a municipalidade investir não só na educação, mas também em obras de infraestrutura, saneamento e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos rio-branquenses.

Wilson: “Tributos pagos são importantes para o retorno” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

O secretário municipal de Finanças, Wilson Leite, explicou como os tributos pagos são importantes para o retorno aos próprios contribuintes.

“A gente não consegue realizar nada se não for pelo valor pago pelos impostos dos cidadãos rio-branquenses. seja na Educação, na Saúde, na limpeza da cidade, então são inúmeras as responsabilidades que têm sobre o município e a gente só consegue dar uma contrapartida e realizar todos esses trabalhos com o pagamento desses impostos.”

A coordenadora do programa, Kalma Roberta, salienta que esse curso de Educação Fiscal, voltado principalmente para os professores nesse primeiro momento, será fundamental.

Kalma: “O curso será fundamental” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

“Através desse programa, as crianças agora têm prazer em estudar numa escola pública, têm prazer de adquirir conhecimento com as pessoas preparadas. E aí, hoje, a nossa rede municipal de ensino é uma referência não só em nível de estado, mas a nível nacional pela iniciativa, pela preocupação de trazer isso para as nossas crianças, principalmente as crianças do ensino fundamental da rede municipal de Ensino”.

Nabiha: “A criança vai aprender a desenvolver  sua cidadania” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

Para a secretária municipal de Educação, professora Nabiha Bestene, esse entendimento hoje do pagamentos dos tributos pelas crianças em idade escolar, irá transformar futuros cidadãos conscientes de suas responsabilidades também para com a cidade e o lugar onde vivem.

“A criança vai aprender a desenvolver a sua cidadania, a criar, saber que ele têm direitos, mas ele têm também deveres, e saber que os tributos são de suma importância, que os pais, que todos nós temos que pagar ao município para que possa desenvolver as suas atividades. Eles vão receber nas escolas, as cartilhas, as instruções, as orientações e depois eles fazem através de uma redação e a escola recebe como prêmio, digamos, uma televisão, um data show, o que eles estão precisando naquela escola.”

Fonte: Prefeitura de Rio Branco – AC

Comentários

Continue lendo