fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Banco do Brasil deixa população e turistas sem dinheiro na fronteira do Acre

Publicado

em

banco_quebrado_1Alexandre Lima, com almir Andrade

As denuncias já são velhas. Neste dia 1 de Maio, Dia do Trabalhador e feriado nacional, às cidades de Brasiléia e Epitaciolândia por estarem localizadas na fronteira com a Bolívia, são alvos de muitos turistas nestas, quando resolvem se deslocar da capital, Rio Branco, para realizar compras em Cobija, capital do estado de Pando.

Assim, os comércios em geral, principalmente restaurantes, pousadas e hotéis entre outros, ganham com esse movimento. Mas, um inconveniente vem persistindo a tempos e isso vem tirando do sério, os turistas e donos desses estabelecimentos comerciais.

Nem sempre, os turistas possuem cartões de créditos, mas carregam consigo, cartões para saques nos caixas eletrônicos e preferem não carregar grandes quantidades de dinheiros em seus bolsos. Daí, quando precisam, vão ao caixa mais próximo.

O que não contavam, é encontrar os  caixas que as vezes estão quebrados ou fora de sistema, sem o devido dinheiro para poder sacar. Fato que lhes causam problemas para poder pagar as contas dos hotéis, restaurantes e até mesmo, abastecer seus veículos.

Esse problema foi registrado na agência do Banco do Brasil localizado na cidade de Epitaciolândia neste dia. As reclamações foram muitas e o vice-prefeito, Raimundo Gondim, falou sobre o caso.

Veja a vídeo-reportagem abaixo.

Comentários

Acre

Polícia Civil prende suspeito do crime de roubo em Rio Branco

Publicado

em

Ascom/PCAC

Na manhã desta sexta-feira, 08, a Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões – DCORE, deu cumprimento a um mandado de prisão expedido em desfavor do nacional D. F. dos S., 20 anos de idade.

O preso é um dos suspeitos da prática de roubo a um estabelecimento comercial localizado no Ramal do Pica Pau, nesta capital.

Consta do procedimento que no dia 31 de março por volta das 07h, um casal de comerciante foi surpreendido pela ação de criminosos, os quais, munidos de arma de fogo, subtraíram dinheiro em espécie, relógio e aparelhos celulares das vítimas.

Iniciada a apuração, os investigadores realizaram inúmeras diligências, ocasião em que foi possível obter os elementos necessários a identificação de um dos suspeitos, o qual possuía extenso histórico relacionado à prática de crimes.

De acordo com os agentes, o suspeito preso nesta data possuía sete passagens pela Delegacia de Flagrantes e, em todos os casos, havia sido posto em liberdade na audiência de custódia.

Ademais, outros elementos apontavam para a participação do agente com o crime organizado.

Munido das informações necessárias, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva do suspeito identificado, a qual foi prontamente reiterada pelo representante do Ministério Público.

Diante disso, os agentes realizaram diligências complementares, as quais fundamentaram a formalização da denúncia e reiteração do pedido de prisão preventiva, deferido pelo Juízo.

Expedido o mandado, na manhã de hoje os investigadores efetuaram a prisão do suspeito.

Fora de circulação, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Comentários

Continue lendo

Acre

Buscas por criança de 2 anos que se afogou em rio no AC são suspensas após três dias

Publicado

em

Por

Corpo do menino Gael de Souza Paiva não foi achado após três dias de buscas no Rio Tarauacá, no interior do Acre.

Corpo de Gael de Souza Paiva não foi achado após três dias de buscas — Foto: Arquivo pessoal

Chegaram ao fim nesta sexta-feira (8) as buscas pelo corpo do pequeno Gael de Souza Paiva, de 2 anos, que caiu no Rio Tarauacá, na cidade de mesmo nome, na última terça-feira (5). A suspensão cumpre o protocolo de três dias buscas e mergulhos.

O tenente Rosivan Cavalcante disse que os bombeiros pediram à população que, caso vejam ou entrem algo no rio, que acionem as equipes. “Já faz muito tempo e não tem condições de uma pessoa passar esse tempo todo na água e ser encontrada viva. A gente espera que, se o corpo emergir, que a gente possa resgatar. Mas, a princípio, está desaparecido nas águas”, lamentou.

O menino estava em uma canoa com o pai quando, em uma curva, uma onda bateu na embarcação e ele caiu nas águas. O pai ainda teria mergulhado em busca pelo filho, contudo, por conta da forte correnteza, não conseguiu encontrá-lo.

O local onde o menino caiu tem entre 5 a 6 metros de profundidade e é chamado canal do rio.

‘Levou meu coração junto’

 

g1 conversou com o pai do menino, o autônomo Gracionildo Paiva, que relatou o drama vivido pela família desde o acidente. Emocionado, ele disse que não tem conseguido forças para acompanhar as buscas pelo corpo do filho e que a mãe de Gael está inconsolável.

“Não estou conseguindo acompanhar de perto, porque não tenho nem coragem de, se encontrarem, eu olhar para ele. Ele estava comigo quando tudo aconteceu, estava só eu, ele e Deus mesmo. Tinha saído do porto do mercado e estava indo para casa, fomos passar pela onda da canoa e nem imaginava que ia acontecer isso. A onda jogou minha embarcação para o meio, tombou e ele caiu na água com cadeirinha e tudo. Eu soltei o motor na hora e me joguei para pegar ele e não consegui, até eu ia morrendo”, relembrou o pai.

Paiva contou que o filho era seu companheiro em todos os momentos e que tinha costume de andar com ele na embarcação. A família mora no Seringal Vitória Velha, uma comunidade rural que fica a cerca de três horas de viagem pelo rio até a cidade de Tarauacá.

“Bem ninguém está, até quem nem era da família está abalado, chocado com a situação. A mãe dele está desesperada com tudo isso. Mas, acredito que não está sendo mais difícil pra ninguém do que pra mim. Qualquer pai vai sentir culpa de não poder salvar o próprio filho. Ele levou meu coração junto”, lamentou.

Comentários

Continue lendo

Acre

PRF apreende carga com 220 kg de ‘skunk’ e prende um na BR-364

Publicado

em

Na tarde desta sexta-feira (8), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez mais uma apreensão histórica em Rondônia. Em uma fiscalização na BR-364, próximo ao Km 1, no município de Vilhena, foram apreendidos 220 kg de Skunk.

Durante uma fiscalização, a equipe deu ordem de parada a um caminhão-baú. O veículo era conduzido por um homem, de 51 anos. Ao ser questionado sobre o que estava transportando, o motorista afirmou carregar castanhas do Pará.

Ao fiscalizar a carga, a equipe percebeu uma seção nova de alumínio na parte frontal do baú, diferente das demais, o que chamou a atenção dos policiais. Além disso, no decorrer da vistoria, observou-se um fundo falso e um forte odor, característico de entorpecente.

Ao acessarem o compartimento, foram encontrados diversos fardos com vários tabletes. No total, foram contabilizados 220 kg de Skunk. O condutor informou que pegou o caminhão com os entorpecentes na cidade de Rio Branco/AC e pretendia levá-los a Belo Horizonte/MG, recebendo a quantia de R$ 20 mil.

Ao todo, foram encontrados escondidos 220 Kg de skunk em um compartimento oculto. A droga foi encaminhada à Polícia Judiciária para destruição. O infrator também foi conduzido à Polícia Civil.

Por Rondoniagora

Comentários

Continue lendo








Em alta