Raimari Cardoso

Um empresário radicado em Rio Branco, Natanael Lima da Silva, de 25 anos, é mais um entre tantos personagens que entram para a história de uma manifestação de fé e devoção que na próxima segunda-feira, 20 de janeiro, vai completar 118 anos de realização ininterrupta: A Festa de São Sebastião, em Xapuri.

Por uma graça alcançada após recorrer a São Sebastião, de quem é devoto desde criança, Natanael percorreu a pé os 188 quilômetros que separam as duas cidades em mais de 40 horas de caminhada pela BR-317. Ele andou cerca de 8 horas por dia, fazendo, em média, 38 quilômetros por cada período.

O empresário saiu de Rio Branco na manhã da última segunda-feira, 13, e chegou ao pés da imagem do santo padroeiro de Xapuri no meio da tarde deste sábado, 18. Ao chegar, se ajoelhou em prantos e agradeceu. Ele foi recebido pelo padre Francisco das Chagas que o cumprimentou e deu as boas-vindas.

O romeiro afirmou que não sentiu cansaço em demasia nem desestímulo durante a caminhada, apenas dores causados pelos calos que afetaram seus pés. Ele usou três pares de tênis durante o percurso e contou com o suporte apenas da esposa Dioneide, que o acompanhou de carro por todo o trajeto.

“Cheguei bem, não cansei excessivamente, e vinha com uma força muito grande dentro de mim que me impulsionava a atingir o meu objetivo. Sou devoto de São Sebastião e de São Francisco e estou muito emocionado de chegar aqui e cumprir com a promessa feita. É até difícil explicar essa sensação e essa emoção de estar aqui”.

Histórias e testemunhos como os de Natanael devem se repetir no próximos dias na grande aglomeração de pessoas que toma conta de Xapuri até a próxima segunda-feira, quando ocorrerá a grande procissão. A estimativa é de que cerca de 20 mil pessoas participem do cortejo pelas ruas da cidade.

Comentários