Conecte-se conosco





Extra

Assassino foragido é preso dentro da casa onde cometeu crime em Assis Brasil

Publicado

em

Acusado vinha causando pânico fazendo ameaças para famílias de comunidade rural

Major Moisés Araújo comandou as equipes de busca e prisão do acusado.

No dia 18 de maio passado, na zona rural do município de Assis Brasil, um homem foi barbaramente assassinado a golpes de facão na comunidade Rio Grande. Segundo foi apurado pelo jornal oaltoacre.com, o acusado Rosemildo Silva Bezerra Vulgo (40), vulgo “Chocinha”, estava foragido desde então.

Rosemildo não gostou de ver sua ex-companheira já levando uma nova vida com Luiz Carlos de Lara, quem já vinha ameaçando até invadir a casa localizada no Ramal do 10 da BR 317 e cometer o assassinato utilizando de um facão, para em seguida fugir para dentro do mato.

Quase um mês após cometer o crime, o mesmo estaria circulando pela comunidade que tem acesso pelo ramal do Icuriã, e estaria fazendo ameaças para outra família de uma mulher com quem teve um caso amoroso meses atrás, ameaçando matar a todos, inclusive crianças.

Momento após sua prisão na casa onde cometeu o crime em meados de maio passado.

Tal fato vinha causando pânico pela comunidade e o mesmo foi denunciado e que estava circulando pela comunidade. Foi quando o comandante da 3º Companhia da Polícia Militar de Assis Brasil, Major Moisés Araújo, juntamente com os demais policias, realizaram buscas e montaram campana pelos ramais.

Foi quando cercaram a casa onde o assassino havia cometido o crime por volta das 22 horas desta quarta-feira, dia 16. O mesmo estava usando para dormir e despistar as autoridades policiais. Sem ter pra onde fugir, o mesmo se rendeu e foi preso, sendo levado para a delegacia na cidade.

Rosemildo seria transferido para o município de Brasiléia, por motivo de segurança e depois disponibilizado ao judiciário, podendo ser transferido para o presídio estadual na Capital, onde aguardará o pronunciamento da Justiça.

Comentários

Em alta