Os jovens Altermir Galvão Lessa Filho, 20 anos, conhecido como “Nezim”, e Erick Araújo Góes, conhecido pelo apelido de “Esquilo”, foram presos após estuprarem uma mulher e realizarem um roubo, na manhã desta terça-feira (28), no município de Tarauacá, no interior do Acre.

Segundo informações dos militares do 7° Batalhão, era por volta de 3h30 da madrugada quando os criminosos invadiram um barco onde estavam dormindo uma mulher de 33 anos com os seus filhos. Os criminosos renderam a mulher e a estupraram. O ato durou aproximadamente uma hora e foi assistido pelas crianças que acordaram com o barulho.

Após a ação, os criminosos saíram levando uma espingarda, que é documentada e de propriedade do pai da mulher. A Polícia Militar foi acionada e colheu as informações e as características dos acusados. O primeiro a ser encontrado foi “Esquilo”, que acabou confessando o crime e disse onde estava o comparsa.

Diante da confissão e das informações, os policiais foram até a residência de “Nezim”, que também confessou participação no crime e entregou a arma roubada. A espingarda estava guardada debaixo da cama do acusado. Os criminosos ainda falaram que pertenciam a uma facção criminosa que atua na cidade de Tarauacá.

Diante dos fatos, a dupla foi encaminhada à Delegacia da Polícia Civil de Tarauacá, juntamente com a arma apreendida, para os procedimentos cabíveis.

Comentários