1503285_861859823933297_2029129319705975992_nTem havido tantas e tantas manifestações a respeito da recuperação da Av. Marinho Monte que, sinceramente, fico decepcionado com alguns semelhantes.

Não interessa, hoje em dia, quem é o “pai da criança”, quem fez mais ou menos. A verdade, a única verdade que existiu e existe, é que todos, sem exceção, devem render todas as homenagens e os agradecimentos aos idealizadores, mentores e mantenedores do “Movimento S.O.S Marinho Monte”. Aqueles sofredores empresários, comerciantes maiores ou menores, com carros ou a pé, de moto ou de bicicleta, sofreram anos e anos, e ainda estão sofrendo, mas vendo o início de um trabalho, que sempre pediram, imploraram, reivindicaram a gregos e troianos.

As verbas alocadas ou que seriam um dia alocadas, não chegaram a se transformar em obras concretas, patentes e indiscutíveis em beneficio dos que utilizam aquele trecho da BR-317.

Não vemos razões, salvo se forem por motivos politiqueiros dos mais baixos, para tentarem prejudicar o que o DNIT pretende fazer, da maneira que vai fazer. Seria baixaria administrativa, social, comunitária e revoltante, motivadora das mais diversas reações populares justas e desculpadas.

A partir do momento em que o Movimento SOS Marinho Monte fixou, como base comportamental, a proibição de qualquer envolvimento político, partidário em suas atividades algumas pessoas sentiram que ali não seria terreno propício e fecundo para plantarem suas posições eleitorais e partidárias, ficando revoltadas e tentando, sem conseguir, diminuir o ímpeto e a tenacidade daquela gente.

Alguns outros, suponho, que tinham e tem interesse em manipular as verbas que viriam e vem, para a recuperação da BR-317 trecho Marinho Monte, viram sumir uma possível oportunidade de algum recurso de bonificação ou prenda, supostamente existente durante as obras, chegar até seus patrimônios.

Não interessa, repito, o que aconteceu lá atrás. Interessa que, certo, errado, com trâmites ou sem eles, os responsáveis pelo Movimento SOS Marinho Monte, somente conseguiram, em menos de 05(cinco) dias, que após conversa franca e direta, objetiva, apolítica e apartidária com o governador do Estado, Tião Viana, tivessem início, concreto, as obras tão almejadas. Sem muito blá-blá-blá, sem conversa vazia e promessas mirabolantes aí está a vitória do SOS Marinho Monte.

Os que estão reclamando e esbravejando, podem dar uma demonstração de dedicação e preocupação com o povo de Brasiléia, recuperando, mesmo que paliativamente, a Rua José Rui Lino e as vias transversais.

Ao invés de agressões, ofensas e “biquinhos”, arregacem as mangas, vão ao trabalho e recuperem a cidade como um todo, que a população haverá de agradecer, como estão agradecidos, ao governador do Estado e aos membros do SOS Marinho Monte, os que utilizam aquela avenida.

Deixem a politicagem de lado, sejamos todos humildes e sinceros com nossos corações e lutemos, independente de interesses particulares, políticos ou politiqueiros pela semi destruída Brasiléia.

Parabéns bravos componentes do MOVIMENTO SOS MARINHO MONTE.

Venceram uma batalha mas ainda não venceram a guerra.

Permaneçam unidos e coerentes com os princípios que nortearam o Movimento e serão, sempre, os grandes vitoriosos. Parabéns!


 

Sérgio B. Quintanilha

Comentários