O governador Gladson Cameli, sem partido, falou com a reportagem do ContilNet e comentou o episódio de desentendimento com a deputada federal Mara Rocha (PSDB), ocorrido no último fim de semana, após a divulgação de uma lista de indicados da parlamentar em órgãos do governo, que estavam sob iminência de demissão.

Entretanto, depois de uma intensa troca de ofensas verbais, onde inclusive o governador Gladson Cameli chegou a chamar Rocha de ‘mal amada’, o chefe do executivo pediu desculpas pela ofensa à tucana. “No calor da emoção, eu me excedi. Não nego que tivemos uma discussão, mas não justifica as palavras ditas a ela. Ela como mulher merece respeito, bem como a sua família”, declarou Cameli.

O governador destacou ainda que o pedido de desculpas não é apenas para a deputada, mas também, para todas as mulheres que porventura se sentiram ofendida pela discussão. “As mulheres que não gostaram do que eu disse, meus sinceros pedidos de desculpas”, argumentou.

Comentários