Edital foi publicado no DOE nesta quinta (5). Há ainda uma vaga para assistente social e outra para psicólogo.

G1

SGA abriu processo seletivo para contratação de agentes após fuga de adolescentes em Centro Socioeducativo de Brasileia (Foto: Alexandre Lima/Arquivo)

Após três adolescentes fugirem do Centro Socioeducativo de Brasileia, no interior do Acre, usando escadas, a Secretaria de Gestão Administrativa (SGA-AC) divulgou o edital de um processo seletivo para contratação temporária de 16 agentes para a unidade. Há ainda uma vaga para assistente social e uma para psicólogo. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira (5).

O diretor do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), Rafael Almeida, já havia dito, em matéria publicado no G1 em 3 de outubro, que o órgão iria fazer o processo seletivo. Segundo ele, o local foi inaugurado há menos de dois meses e uma equipe de Rio Branco atuava temporariamente na unidade. Dos três menores que fugiram no último dia 2 deste mês, dois foram recapturados na quarta (4).

Os candidatos devem ser inscrever de 5 a 16 de outubro por meio de um formulário disponível no site da SGA. No último dia de inscrições, a documentação necessária deve ser entregue até às 17h.

O certame é composto de análise curricular na primeira fase. A segunda etapa, que ainda vai ter o local e horário divulgado, consiste em prova oral. O processo seletivo simplificado tem validade de dois anos.

Os interessados em fazer o certame para o cargo de agente socioeducativo precisam ter nível médio completo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais no regime de escala podendo ser alterada conforme a necessidade do Centro. A remuneração chega a R$ 2,8 mil quando somadas a complementação do salário mínimo, etapa alimentação, gratificação de atividade socioeducativa e de risco de vida.

Já para o cargo de assistente social e psicólogo, é necessário ter diploma de nível superior em serviço social e psicologia, respectivamente. O salário dos profissionais, quando somadas a gratificação socioeducativa e de risco de vida, totaliza R$ 3,9 mil com carga horária de 40 horas semanais.

Comentários