Sua exoneração deve sair nos próximos dias no Diário Oficial do Estado (DOE)

Agora é oficial. Ribamar Trindade não é mais chefe da Casa Civil do governo do estado, comandado por Gladson Cameli (Progressistas). A informação foi repassada ao ContilNet por fontes do Palácio Rio Branco, no início da noite desta terça-feira (7).

De acordo com os bastidores, Ribamar teve uma conversa tensa à portas fechadas no dia de hoje, e o esforço do governador para tentar mantê-lo não foi suficiente.

Trindade teria dito a Gladson, no meio da conversa, que sai com a certeza de dever cumprido e garantiu que torce para que o governo dê certo.

No dia 20 de dezembro de 2019, uma carta de demissão foi entregue por Ribamar a Cameli, pontuando uma série de motivos para o seu desligamento, no entanto, foi convencido a tomar a decisão após as festas de final de ano.

Sua exoneração deve sair nos próximos dias no Diário Oficial do Estado (DOE).

Comentários