Imagem ilustrativa/internet

Rio Branco nos últimos dias está parecendo os velhos filmes de faroeste americano quando imperava a lei da pistola, do revólver. Como se diz no popular: “é bala para todos os lados”. Nunca se matou tantos jovens.

O Estado parece inoperante diante desses crimes tão violentos e cruéis. A população assiste a guerra sangrenta estarrecida e confiando em Deus para que inocentes não paguem o preço.

Por outro lado, é fato que as polícias não estão de braços cruzados. Trabalha, prende, apreende drogas, realiza operações mas parece estar enxugando gelo.

O governador Gladson Cameli, o vice major Rocha estão seriamente empenhados em combater a violência que não recua. Talvez, seja um momento comparado quando o dia vai amanhecer: a noite é mais escura e densa. Um novo dia vai raiar. Temos que acreditar. LEIA MAIS NA COLUNA DO ASTÉRIO

Comentários