O senhor de 77 anos identificado por José Tolentino Afonso, de 77 anos, que sobreviveu ao acidente ocorrido no dia 27 de setembro passado, após dois veículos se chocarem no km 13 da BR 317, (Estrada do Pacífico), lutou pela vida por quase 30 dias na Capital, onde foi transferido.

Seu José Tolentino lutou pela vida por quase 30 dias após o acidente – Foto: arquivo familiar

No acidente, duas vítimas morreram tragicamente, Edivania Dominguins do Amaral (42), que estava com a neta Esther Sofia do Amaral, de cinco anos, estariam retornando da casa de parentes do ex-esposo que moram no km 26, quando ocorreu o acidente. O carro em que estavam incendiou e morreram carbonizadas.

Seu José e sua esposa, Dona Maria Heráclito Afonso, de 76 anos, que se recupera do acidente, foram transferidos às pressas para a capital. O estado considerado mais delicado, foi informado que seria do ancião, com suspeita de trauma craniano.

A filha, que dirigia a caminhonete, sofreu queimaduras pelo corpo, mas ficou no hospital Wildy Viana, onde recebeu atendimentos sendo liberada depois.

Segundo familiares, o corpo do ancião deverá chegar na manhã deste sábado, dia 26, e será velado no Santuário de São Francisco, localizado no km 04 da BR 317.

REVEJA MATÉRIA:

Acidente entre dois carros na Estrada do Pacífico registra duas mortes e três feridos

 

Comentários