Conecte-se conosco





Cotidiano

Acusado de executar jovem grávida na frente da filha de 7 anos é julgado no Acre

Publicado

em

O réu é acusado pelos crimes de homicídio e por duas tentativas de assassinatos

CONTILNET

O presidiário Ricardo Cordeiro da Silva, acusado pela execução da jovem Débora Lima dos Santos, está sendo julgado na manha desta sexta-feira (2).

A sessão ocorreu na 2° Vara do Tribunal do Júri. O réu é acusado pelos crimes de homicídio e por duas tentativas de assassinatos.

Na época do crime, Débora Lima estava no sétimo mês de gestão. Ela foi morta durante um ataque de membros de facção, ocorrido em outubro de 2017, na Travessa Cearense, região do Bairro Seis de Agosto.

Após ser o imóvel invadido, Débora foi baleada, chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Na mesma ação, Arnold Nascimento Barroso, o Soberano, que seria o alvo dos criminosos, foi baleado.

Uma filha da vitima fatal de 7 anos também foi atingida. Em dezembro, Kennedy Anderson Ferreira, também envolvido nos crimes, foi condenado a mais de 42 anos de prisão.

Débora foi morta em 2017/Foto: Reprodução

Comentários

Em alta