Esposa do acusado foi ferida no ombro ao tentar salva os irmão – Foto: Arquivo

O crime chocou os moradores do pequeno município de Assis Brasil, localizado no extremo Norte do Acre, na tríplice fronteira ocorrido na noite do dia 3 do mês em curso, quando uma discussão entre irmãos e o cunhado terminou em tragédia.

Osias Ferreira não resistiu após ser atingido por dois disparos – Foto/arquivo pessoal

O principal acusado após o crime, Sebastião Alves Pereira  ficou de se entregar na delegacia, fato esse que não ocorreu até esta terça-feira, dia 22, quando se apresentou na companhia de uma advogada. Mesmo assim, foi avisado que seria preso, uma vez que o Ministério Público optou pela sua prisão e o juizado emitiu um mandado de prisão preventiva.

Um dos motivos que estaria sendo investigado que o levou a cometer o crime, seria uma queima de terras realizada pelos cunhados que teria invadido sua propriedade. O mesmo teria reclamado do fato na frente de terceiros, que chegou nos ouvidos dos irmãos da esposa de outra forma, que foram tomar satisfação.

Na propriedade de Sebastião, uma discussão acalorada fez com que o acusado sacasse de uma arma e fizesse vários disparos, matando Osias Ferreira dos Santos (34), teve morte no local após ser atingido por duas vezes.

Delegado titular do município, Judson Barros.

Um outro cunhado foi alvejado nas nádegas e a mulher em um dos ombros causando fratura, após tentar salvar os irmãos. Despois do fato, o mesmo fugiu tomando rumo ignorado até se apresentar nesta terça-feira, onde ficou detido.

Segundo o delegado titular do município, Judson Barros, disse que o acusado será transferido para Brasiléia por motivos de segurança, para em seguida, ser levado para a capital, onde ficará à disposição da Justiça até seu julgamento, onde irá responder por homicídio, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Matéria relacionada:

Assis Brasil: Após briga, homem é suspeito de matar cunhado e ferir sua esposa e mais um irmão

Comentários